Área de treinamento - Teresë Kober Furtwängler.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Área de treinamento - Teresë Kober Furtwängler.

Mensagem por Teresë Kober Furtwängler em Seg 1 Dez 2014 - 11:44





WORK, BITCH


Falta de ocupação não é repouso; uma mente absolutamente vazia vive angustiada.

''William Cowper''.


Tópico destinado à postagem de treinos de Teresë Kober Furtwängler, prole de Hades.



Be careful making wishes in the dark, can't be sure when they've hit their mark. Besides in the meantime. I'm just dreaming of tearing you apart, I'm in the details with the devil. So now the world can never get me on my level.

Fall Out Boy.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de treinamento - Teresë Kober Furtwängler.

Mensagem por Teresë Kober Furtwängler em Qua 3 Dez 2014 - 20:20



Now get this work, working on my shit²

Os feixes de luz solar não adentravam no chalé obscuro das proles do deus do Submundo, e especificamente Teresë agradecia aos deuses por este conforto, ao certo, quem haveria de construir seu chalé. A inconsciente protuberância dos deveres a serem seguidos tomou conta de sua mente, fazendo-a soltar um pequeno gemido de desânimo. Ergueu-se assim que criou coragem para fazê-lo, e tomou a inciativa de tratar de sua higiene matinal antes de seguir para a Arena.

Seu corpo tremulava de nervosismo, e suavizou-se assim que a água quente iniciou um relaxamento de seus músculos. Vestiu com nervosismo sua camiseta puída e de coloração preta, assim como seus jeans e coturnos amaciados o suficientes para tomar rédeas de tarefas tão pesadas do gênero. Com sua relva de cabelos negros presos em um rabo de cavalo, empunhou sua recém adquirida espada, Styx, como apelidou.

Antes que pudesse rumar em direção a Arena, acariciou o filhote de cão infernal que ganhara assim que fora reclamada. Ele dormia na cama da mesma, em um sono pesado. O macho, Shawk, fora uma das poucas fontes de felicidade desde que chegara ao Acampamento. Ela acariciou sua cabeça por um instante, e assim que os olhos vermelhos do cão começaram a despertar, ela o desfez. Shawk possui um temperamento difícil, porém dócil com a própria dona. Sem mais delongas, Teresë marchou em direção a Arena, levando sua espada consigo.

Recebeu uma série de olhares curiosos dos outros campistas, mas pouco se importou, seu orgulho era bem maior que seu desconforto. Seus olhos de um azul cristalino percorreu toda o lugar, observando a série de perigos que lhe aguardavam. Os monstros eram os piores, e fez com que sua respiração vacilasse. Sua observação fora entre cortada quando uma mão pousou em seu ombro, e a prole de Hades se sobressaltou.

- Perdida? - A voz masculina fez com que ela se afastasse. Era presunçosa e pouco animada, e entregava o ego do dono desta.

- Por acaso é instrutor? - Teresë o olhou dos pés a cabeça, e sua armadura de couro e seus bíceps a fizeram recuar. Um filho do deus da guerra, sem dúvida alguma. - Desejo treinar. - continuou, com mais firmeza.

- Faz algum tempo que tento enfrentar um de vocês. Se acham tanto por serem prole do deus do Submundo que é necessário que alguém acabe com seu alto ego. - começou, com a simpatia escapando de seu tom a cada palavra proferida. - Acha que é um adversário a minha altura?

O diálogo tomou um rumo que a prole do deus do Submundo não pôde recuar para o desafio que encontrava-se diante de si mesma. Se sua espada transmitisse brilho, estaria radiante agora. Quando a empunhava, conseguia sentir o poder que herdara de seu pai, e toda sua majestosidade melancólica que Hades carregava. O filho de Ares continuava presunçoso e com uma expressão entediada enquanto segurava uma espada de prata, sem se quer mostrar intimado com a garota que o encarava friamente.

Não tardou para que a luta começasse, os bíceps do garoto tornaram-se rijas assim que empunhou sua espada e investiu no primeiro ataque na diagonal em direção a menina. Um som metálico tomou conta do local, em um silêncio de vozes pelo esforços em ambos componentes. As espadas chocaram-se por um instante, e a garota fora rápida suficiente para defender-se do ataque. É claro que não seria o bastante.

O filho do deus da guerra investiu em outro ataque, em um movimento ágil, afastou-se de sua oponente, trincando sua lâmina uma última vez na espada negra. A moçoila afastou-se alguns passos, e uma gota de suor brotou em sua nuca e percorreu seu pescoço - ela sabia que enfrentá-lo seria um grande desafio, e pelo seu azar, o instinto de combate e guerra encontrava-se acima das características divinas do semideuses por ser filho de Ares.

Talvez tivesse sido um erro enfrentar um oponente como ele, e agora não havia como voltar atrás. Os dentes da menina trincaram-se quando sua mão que empunha a espada moveu-se por puro instinto ao defender-se de seu adversário, contudo, não fora suficiente para o próximo ataque. Por mais que fosse herdeira do deus do submundo, ainda era uma novata no Acampamento Meio Sangue.

Seu adversário investiu em uma série de golpes consecutivos com sua espada, tanto na vertical como na horizontal. A prole de Hades tentava defender-se da melhor maneira de seus ataques, tanto com sua espada como desviar com seu corpo leve. Obviamente, fora acertada pela lâmina de prata inúmeras vezes, de raspão ou quando causou um corte na horizontal em seu braço, pequeno, mas profundo. Ela encolheu-se por um breve instante e afastou-se, desviando por pouco de mais uma investida certeira do garoto, que com seu olhar cego pelo envolvimento com a luta, não parou.

A dor não viera, a adrenalina continuava percorrer em seu corpo como nunca para que a luta continuasse sem interrupções. Seus olhos de um tom de azul claro observou a série de movimentos que o mesmo exercia com sua espada, e os centímetros que lhe davam liberdade em sua barriga. De tal movimento, provavelmente receberia um golpe em seu calcanhar, e rezou para seus coturnos fossem protegê-la.

Antes que a prole de Ares pudesse se aproximar o suficiente, Teresë fez com que suas espadas se encontrassem, afastando-a a do seu adversário o mais longe possível. Em seguida, desferiu um chute na barriga do mesmo com o restante de suas forças. Ele cambaleou por um instante, e a moçoila aproveitou para tentar desarmá-lo. Em um movimento rápido, ele preparava-se para ergue-se novamente e atingi-la.

Teresë fora mais rápida, com suas mãos ágeis envolveu sua espada e bateu contra a do mesmo, lançando-a há alguns metros de ambos. Ela pensara que a luta fora entregue em uma bandeja de prata para o seu ego - e nunca esteve mais enganada. Assim que preparava-se para exibir sua espada na garganta dele, obviamente, sem matá-lo, este provocou uma rasteira rápida em direção as pernas cansadas da semideusa, tombando seu corpo magro e gélido no chão.

- Xeque-mate, "princesinha". - zombou ele, com um sorriso estampado em seu rosto ao erguer a espada da mesma em suas mãos, com a lâmina direcionada ao peito da garota.

Ele a jogou no chão assim que terminou sua cena teatral, deixando-a suja e inconformada com sua derrota. Teresë sentiu a adrenalina começar a acabar em seu sangue que esfriava de acordo como seu corpo relaxava. Sua respiração começou a desacelerar na companhia de seu coração que bombardeava normalmente, suas mãos limparam seus jeans escuros sujos de areia e esta rasgou um pedaço de sua blusa para estancar o sangramento de seu ferimento. A prole do deus do submundo tomou posse de sua espada novamente e sem mais delongas pela vergonha, marchou em direção ao chalé com o sentimento de vingança pesando em suas costas cansadas.



Be careful making wishes in the dark, can't be sure when they've hit their mark. Besides in the meantime. I'm just dreaming of tearing you apart, I'm in the details with the devil. So now the world can never get me on my level.

Fall Out Boy.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de treinamento - Teresë Kober Furtwängler.

Mensagem por Convidado em Qui 4 Dez 2014 - 12:24


Avaliação
De fato, a narrativa obtivera uma criatividade e gramática impares, revelando uma leitura simples e agradável para com a mesma. Achei interessante sua derrota em uma primeira luta, indicando que, independente de ser filha de Hades, esse fato não impede sua invencível por conta da descendência divina. Mesmo com todo o poder, não podemos esquecer que você ainda possui uma parte humana, certo? Esse detalhe agradou-me bastante, fazendo com que um valor de humildade fosse mostrado. Não notei erros aparentes de concordância e afins.

Recompensa: 90 EXP.
Perda:- 25 EP

Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de treinamento - Teresë Kober Furtwängler.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum