Últimos assuntos
» I Jogos Vorazes DHB - Arena
Hoje à(s) 10:10 por Zeus

» I Jogos Vorazes DHB - Inscrições
Ontem à(s) 22:16 por Nyx

» Flood 4.0
Ontem à(s) 19:36 por Lalissa K. Ivashkov

» Jogos Vorazes DHB - Ideia Off Game
Ontem à(s) 18:48 por James E. Sullivan

» Treino Mensal - 10 de Setembro de 2017 [Sacerdotisas de Nyx, Astrólogos de Asteris, Espectros de Érebo e Mênades]
Ontem à(s) 14:19 por Nyx

» Pedidos de Missões
Sab 20 Jan 2018 - 9:33 por Zeus

» Templates, Sign e whatever
Sex 19 Jan 2018 - 19:00 por Tyler J. Dallas

» PVP - EPHRAIN VS ZOEY [LEGENDS NEVER DIE]
Qui 18 Jan 2018 - 9:06 por Zoey Montgomery

» V DHB AWARDS
Qua 17 Jan 2018 - 19:42 por Zeus

» Reclamação Divina
Qua 17 Jan 2018 - 15:17 por Nyx

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

------- Deuses -------
Lissa
Dona da poha toda
Fundadora
Enviar MPVer perfil
Afrodite
Espelho, espelho meu
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Zeus
Zeusa, com S
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Nyx
Rainha da Noite
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Hécate
Mãe de todos
Adm
Enviar MPVer perfil
Poseidon
Rei do Sushi
Adm
Enviar MPVer perfil
Hera
Corna
Adm
Enviar MPVer perfil
Hades
Suco de caixinha
Adm
Enviar MPVer perfil
------- DHB Awards -------
Deus Mais Sexy
Nyx
Semideus Mais Sexy
Sebastian V. Woljöden
Deus Mais Influente
Zeus
Semideus Mais Influente
Isabelle Duchanne
Melhor Casal
Poseylla
Melhor Postador
Hylla K. Werstonem
Mais Rodado
Anko Utakata
Melhor Líder/Conselheiro
Zoey Montgomery
Personalidade Feminina
Hylla K. Werstonem
Personalidade Masculina
Brandon H. Smith
Melhor Anarquista de Éris
Pandora Aërsterien
Melhor Astrólogo de Asteris
Urania Lesauvage
Melhor Caçadora de Ártemis
Brooke Vegah
Melhor Curandeiro de Asclépio
Maxine C. Blink
Melhor Espectro de Érebo
Astrid Raimann Lehner
Melhor Feiticeiro de Circe
Zoey Montgomery
Melhor Mênade
Isabelle Duchanne
Melhor Sacerdotisa de Nyx
Alicia Watts Schratter
------- Parceiros -------

Parceiros
---------- CRÉDITOS ----------

[TREINOS] KORHONEN, RENEE FORSETI.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[TREINOS] KORHONEN, RENEE FORSETI.

Mensagem por Convidado em Seg 21 Nov 2016 - 22:33



Arena..


LOCAL DESTINADO PARA OS TREINOS DA RENEE E CONVIDADOS. TODO E QUALQUER CAMPISTA QUE INVADIR O TÓPICO SEM SER CONVIDADO SERÁ PUNIDO E TERÁ A POSTAGEM DEVIDAMENTE APAGADA.

Desde já, agradeço. q


Renee Korhonen.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [TREINOS] KORHONEN, RENEE FORSETI.

Mensagem por Convidado em Ter 22 Nov 2016 - 6:25



Arena..



A vida no Acampamento não era tão fácil quanto Renee imaginara. Mesmo para uma prole de Hipnos. A jovem acordava cedo, tomava café, ajudava nos campos de morangos, almoçava, dormia um pouco – lógico – e ia treinar. Todos os dias, mesma rotina. Era um tanto cansativo pensar no amanhã como um replay do hoje, mas, a prole de Hipnos começava a se adaptar a tal rotina.

Aproximava-se das 17:30 quando ela decidiu que era a hora perfeita para treinar, gostava do fato de treinar a noite, não sabia se tinha algo em relação ao seu pai, mas, sentia-se mais confortável e a vontade. Além de que: poucos campistas ficavam na arena após as 17h.

Renee não possuía muitas armas, então, pegou as que ganhara de seu pai em  sua reclamação: a espada e a flauta. Era interessante parecerem artigos tão simples, mas, na verdade, faziam um verdadeiro estrago se bem utilizados.

A jovem caminhou a passos lentos até a construção, observando vários semideuses suados vindos de lá, em sua maioria, de Ares. Ela sentiu o cheiro antes mesmo de chegar até lá: suor e poeira, se é que isso tem realmente um cheiro específico, para ela, tinha. Caminhou até onde o centauro Quíron deveria estar, mas, aparentemente, o turno dele acabara e, em seu lugar, encontrava-se uma prole do deus da Guerra.

— Hey cara, qual vai ser hoje? — Renee revirou os olhos. Novamente haviam confundido-a com um garoto.

— Tem alguns miolos por aí? Estou a fim de esmagar.

A prole de Ares sorriu com o comentário e tocou no ombro de Renee levando-a a uma ala onde eles ficavam presos. O jovem foi andando um pouco mais a frente, após entrarem lá, e ela ficou lendo as plaquinhas que estavam localizadas nas entradas das jaulas: Ciclope, cão infernal, harpia…

— Acho que este aqui é bacana para você. — E mostrou a entrada da jaula para a jovem. Era como um cão infernal, porém, maior e mais forte. E possuindo duas cabeças. — Este é um dos primos do cão do Hades. Dá conta?

Renee, apesar de não estar muito à vontade com a prole de Ares, achou a ideia de lutar contra o animal formidável.

— Pode soltar.

O semideus de Ares soltou o animal e o conduziu até uma área da arena onde os outros campistas não estavam presentes e ela teria espaço. Murmurou um você consegue ao sair e novamente Renee estava sozinha, agora com o animal a cercando, andando de um lado para outro.

Os olhos do cão pareciam prata líquida e a olhavam, famintos. Ele estava com a boca semiaberta e rosnava, soltando um pouco de baba com o ato. Renee então levou a mão ao cabo da espada, para sacá-la, porém, o cão saltou em cima dela para impedi-la de fazer tal coisa, acertando o braço que estava puxando a arma e jogando-a longe.

A prole de Hipnos sentiu-se no meio de uma tourada mas não era um touro, estava sem seu pano vermelho – a espada – e o animal a havia ferido. Revirou os olhos com a ideia e tentou, cautelosamente, aproximar-se da arma. O animal era esperto, não deixara e avançara novamente para cima da semideusa, agora, sem nada para defender-se.

O cão fincou seus dentes no ombro de Renee de forma que encaixaram perfeitamente na região, ficando pendurado enquanto ela se mexia para se libertar. Em vão. A dor estava dilacerando a mente da jovem, que, apenas queria voltar ao seu chalé para uma noite de sono. Mas, em um último momento, lembrou-se da flauta em seu bolso.

Com a mão livre – a outra estando embaixo do cão – retirou a flauta do bolso e pôs na boca, tocando algumas notas aleatórias. No início achou loucura: estar sendo atacada e tocar uma música apenas para deixar as coisas mais quentes. Mas, pôde perceber que, aos poucos, o cão estava soltando seu ombro, e, segundos depois, caiu no chão demasiadamente cambaleante.

Em um ato burro e de euforia, a garota retirou a flauta da boca para levar a mão até o ombro machucado dando, dessa forma, um mísero segundo para o cão recuperar-se da sensação de embriaguez. Quando a semideusa percebeu que ele se levantava olhou a sua volta de maneira rápida, a procura da espada.

Seu olhar e o do animal cruzaram o objeto ao mesmo tempo e ambos correram naquela direção sem hesitar. Mas, Renee estava mais próxima e conseguiu pegar a espada, virando-se a tempo de acertar uma das cabeças do animal…

A dor era vibrante, fazendo todos os músculos de seu corpo arderem como em brasa, sangue escorrendo pela boca e miolos através de suas orelhas. Os olhos prateados agora não passavam de uma pequena luz, fraca e prestes a se apagar. Seu corpo, pesado como chumbo, tentava afastar-se da semideusa mas ela o perseguia, não deixando que se afastasse. Ele também não conseguia...

A cabeça caiu bem aos seus pés, tornando-se pó e o resto do animal se afastava dela, assombrado com a alucinação que acabara de ter. Renee sorriu e então desferiu um chute na cabeça restante, fazendo-o soltar um ganido de dor e cair no chão, amedrontado. Com a espada, novamente, ela perfurou o tórax do animal e a puxou até a cabeça restante, transformando-o em pó e dando ao animal um único pensamento: dor.

A prole de Ares chegou novamente ao lado da jovem e tocou seu ombro.

— Mais cruel do que eu imaginava, mas, como eu disse, conseguiu. — O garoto sorriu e então disse, em tom brincalhão. — Mas se eu fosse você, voltaria ao chalé para tomar um banho. Ou nenhuma garota vai se aproximar até dezembro, no mínimo.

Embora a prole do deus da guerra fosse um completo babaca, Renee estava começando a gostar dele. Havia chegado no nível: babaca legal.

Armas:


• Espada Oneírica – O filho de Hipnos pode escolher como o seu inimigo sofrerá caso entre em contato com a lâmina da espada. O inimigo pode ter uma boa visão de sua morte como se tudo não passasse de um sonho ou ele poderá cair em um pesadelo profundo.

• Flauta do sono – Olhos caídos, movimentos retardados, pronto. Seu inimigo só precisará de uma cama, mas a partir do momento que o belo som da flauta se extinguir seu inimigo volta a ativa, como se nada tivesse acontecido.


Persuasão/ Força.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [TREINOS] KORHONEN, RENEE FORSETI.

Mensagem por Hécate em Dom 27 Nov 2016 - 17:14


Avaliação

Dear Renee.
Gostei bastante do seu treino, gostei da maneira que descreveu todos os fatos desde a saída do chalé até seu retorno.

Gostaria de deixar claro que eu entendi a referência.

-50 HP/EP
+ 1 level




Hello

avatar

Deuses
Deuses


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
1000000/1000000  (1000000/1000000)
Energia (EP):
1000000/1000000  (1000000/1000000)

Ver perfil do usuário http://i.imgur.com/eIxeBpd.png

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [TREINOS] KORHONEN, RENEE FORSETI.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum