Últimos assuntos
» Flood 4.0
Ter 18 Set 2018 - 8:24 por Daniel A. Daskov

» Salão de Festas
Sab 15 Set 2018 - 15:12 por Ramonna Völker Rothschild

» Pedidos de Missões
Sab 8 Set 2018 - 10:00 por Eros

» Reclamação Divina
Dom 19 Ago 2018 - 22:22 por Eros

» Pego - Namoro - Passo - Caso - Morre Diablo!
Sab 18 Ago 2018 - 21:01 por Hylla K. Werstonem

» Salada Mista
Qui 16 Ago 2018 - 15:06 por Brianna W. Dellannoy

» [RP] Sasha Ivanovna
Dom 12 Ago 2018 - 14:20 por Sasha Ivanovna

» O que faria se acordasse ao lado da pessoa acima?
Qui 9 Ago 2018 - 20:27 por Hera

» Templates, Sign e whatever
Seg 6 Ago 2018 - 20:08 por Romain Sjöstrand

» Teste para Filhos de Poseidon
Sex 3 Ago 2018 - 20:15 por Poseidon

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

------- Deuses -------
Lissa
Dona da poha toda
Fundadora
Enviar MPVer perfil
Afrodite
Espelho, espelho meu
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Zeus
Zeusa, com S
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Nyx
Rainha da Noite
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Hécate
Mãe de todos
Adm
Enviar MPVer perfil
Poseidon
Rei do Sushi
Adm
Enviar MPVer perfil
Hera
Corna
Adm
Enviar MPVer perfil
Hades
Suco de caixinha
Adm
Enviar MPVer perfil
------- DHB Awards -------
Deus Mais Sexy
Nyx
Semideus Mais Sexy
Sebastian V. Woljöden
Deus Mais Influente
Zeus
Semideus Mais Influente
Isabelle Duchanne
Melhor Casal
Poseylla
Melhor Postador
Hylla K. Werstonem
Mais Rodado
Anko Utakata
Melhor Líder/Conselheiro
Zoey Montgomery
Personalidade Feminina
Hylla K. Werstonem
Personalidade Masculina
Brandon H. Smith
Melhor Anarquista de Éris
Pandora Aërsterien
Melhor Astrólogo de Asteris
Urania Lesauvage
Melhor Caçadora de Ártemis
Brooke Vegah
Melhor Curandeiro de Asclépio
Maxine C. Blink
Melhor Espectro de Érebo
Astrid Raimann Lehner
Melhor Feiticeiro de Circe
Zoey Montgomery
Melhor Mênade
Isabelle Duchanne
Melhor Sacerdotisa de Nyx
Alicia Watts Schratter
------- Parceiros -------

Parceiros
---------- CRÉDITOS ----------

Salão de Festas

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Salão de Festas

Mensagem por Isabelle Duchanne em Dom 5 Jun 2016 - 16:29

Salão de Festas

avatar

Filhos de Ares
Filhos de Ares


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
355/480  (355/480)
Energia (EP):
345/480  (345/480)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Isabelle Duchanne em Dom 29 Jul 2018 - 23:17

Baile

O salão estava todo decorado com lustres, candelabros, até mesmo um papel de parede e alguma colunas foram colocados. Grandes cortinas de veludo dourado, uma escadaria falsa, havia decorado com tudo que lembrasse-a dos bailes em castelos. As mesas foram divididas, deixando um grande corredor para que os convidados pudessem dançar sem se baterem, até mesmo dançarem um tango coreografado.
Os garçons usavam as mesmas máscaras, havia uma orquestra que era responsável pela música do baile. Seriam servidos apenas aperitivos, já conhecia o público e sabia que eles raramente comiam.

Detalhes:

Olá amores e amoras.
- Aqui uma linda imagem da decoração.
- A festa é de noite, festa não, baile, isso, baile de máscaras.
- É obrigatório o uso de trajes de gala e máscara, pra gente se pegar e no outro dia ninguém saber quem pegou quem q
- A festa ocorre em on no dia 1/9/18, aniversário de Isabelle, por volta das 20hrs e é ATEMPORAL.
- Sem armas, nada de brigas e desrespeito, o ridículo que fizer isso vai ser punido.
- Como de costume, Isa mandou um barco para buscar vocês no acampamento e levar de volta.
- Quem quiser ir voando q
- Não precisa de presente, obrigado q
Sim, isso é uma indireta pra Zozo, pelo amor de mim, não me dê outra ilha, eu não vou saber o que fazer com ela. Te amo < 3

Convidados:

Haha, achou que ia ser aberto pra todo mundo? paola
Ia, mas eu mudei de ideia.
Já especifiquei na MP mas irei repetir aqui, cada um dos convidados tem direito a trazer +3. “Ah, mas você convidou a Emily e a Kristhyne, elas são um casal” Sim e cada uma delas tem direito a trazer mais 3 convidados, desde que responda a MP com o nome deles.
Vamos ao que importa:

Afrodite
1 –
2 –
3 –

Alan S. Griffin
1 –
2 –
3 –

Aleksander s. Kierkegaard
1 –
2 –
3 –

Alex R. Fabbri
1 –
2 –
3 –

Alicia Watts Schratter
1 –
2 –
3 –

April P. Daskov
1 –
2 –
3 –

Arabella Loewe østengärd
1 –
2 –
3 –

Ashildr Linklater
1 –
2 –
3 –

Astera C. Morgenstern
1 –
2 –
3 –

August D. Daskov
1 –
2 –
3 –

Brandon H. Smith
1 –
2 –
3 –

Bree Wolffenbuetell
1 –
2 –
3 –

Brianna W. Dellannoy
1 –
2 –
3 –

Brooke Katherine Vegah
1 –
2 –
3 –

Christopher Hwang
1 –
2 –
3 –

Connor Thompson
1 –
2 –
3 –

Daniel A. Daskov
1 –
2 –
3 –

Diorn C. Altimartes
1 – Adhara Martinez
2 –
3 –

Dorian Blenöger
1 –
2 –
3 –

Eclipsa Lanthirhel
1 –
2 –
3 –

Eileen Ann Grassi d'fiori
1 –
2 –
3 –

Elektra Smith
1 –
2 –
3 –

Elijah B. Montgomery
1 –
2 –
3 –

Emily Duchanne
1 –
2 –
3 –

Eros
1 –
2 –
3 –

Freya Bryndísarson
1 –
2 –
3 –

Giulia L. Matarazzo
1 –
2 –
3 –

Giuliana Grassi d'fiori
1 –
2 –
3 –

Gowther Von Degurechaff
1 –
2 –
3 –

Hades
1 –
2 –
3 –

Hannah Daphné Roux
1 –
2 –
3 –

Henrietta Löwin Bouviéeu
1 –
2 –
3 –

Henry P. Friedrich
1 –
2 –
3 –

Hylla K. Werstonem
1 –
2 –
3 –

Ivy La Faye
1 –
2 –
3 –

Jace Lanthirhel
1 –
2 –
3 –

James E. Sullivan
1 –
2 –
3 –

Karma LeBlanc
1 –
2 –
3 –

Kassandra Ivashkov
1 –
2 –
3 –

Kristhyne B. Meagher
1 –
2 –
3 –

Kyle V. Herondale
1 –
2 –
3 –

Kyros W. Fritz
1 –
2 –
3 –

Leonardo A. Spencer
1 –
2 –
3 –

Luka S. Sinnoh
1 –
2 –
3 –

Merlin o'Darragh
1 –
2 –
3 –

Nick Carp
1 –
2 –
3 –

November R. Daskov
1 –
2 –
3 –

Ramonna Völker Rothschild
1 – Kael K. Schmütz
2 –
3 –

Reyna K. Mavros
1 – Kcalb Nakine Monoke
2 –
3 –

Sebastian V. Woljöden
1 –
2 –
3 –

Seth D. Daskov
1 –
2 –
3 –

Skyler Monteith
1 –
2 –
3 –

Tayllor B. Grindelwald
1 –
2 –
3 –

Terry Fabre
1 –
2 –
3 –

Violett Ashford
1 –
2 –
3 –

Zeus
1 –
2 –
3 –

Zoey Montgomery
1 –
2 –
3 –




avatar

Filhos de Ares
Filhos de Ares


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
355/480  (355/480)
Energia (EP):
345/480  (345/480)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Hylla K. Werstonem em Seg 30 Jul 2018 - 15:40

masquerade

Inculta e bela, removia tranquilamente as luvas de seda negra, revelando os dedos esguios com unhas pintadas em bege. Deixou que as íris percorressem a imagem incrustada ao espelho feito de uma finíssima camada de prata, que a permitia contemplar a peça confeccionada outrora, mas que somente então selecionara para usar. No momento, os adornos dos diminutos brilhos obscuros de suas vestes faziam-na reluzir como sombra pura, dada a tonalidade daquele tecido nobre.

Preto, a ausência de todas as cores.

Descia como treva pelo corpo voluptuoso, até arrastar-se pelo chão com graça extrema. Tal qual, ainda mais delicado, recobria os braços até os pulsos, nos quais encontravam-se pequenos adornos de ouro como braceletes. Absoluto, contrastava a pele esbranquiçada como mármore grego, e sobre os ombros quase descobertos, caíam os cabelos penteados, loiros como os primeiros raios da aurora e que, de tão claros, por vezes poderiam parecer até mesmo prateados. Nas mãos agora livres, segurava delicadamente o objeto que faltava para finalizar toda aquela arrumação — diminuto, de pontas finas e detalhes cuidados em minérios valiosos, os quais delineavam o contorno sensual da aritmética simples.

Delicadamente, levou-a à face esguia de traços tão suaves, encostando-a contra a epiderme. Como mágica, aderiu-se ao rosto sem mesmo propiciar desconforto, estando impecavelmente harmônico ao vestido por ela selecionado. Perolando tal visual, retocou uma última vez o batom rosé nos lábios volumosos, dando um giro com um sorrisinho a brotar na boca, mediante a premissa do que aconteceria naquela noite. Respirou fundo, era o momento de rumar ao âmbito festivo.


~*~


Recaiu sobre ela a iluminação dourada que abonava o ambiente, imergido num luxo propício à aniversariante. Os tecidos e os lustres que enfeitavam o lugar faziam fractais luminosos moverem-se, esdrúxulos, pelos cantos ínfimos da localidade; tocavam os mínimos diamantes nas curvas de seu corpo e ele refratados novamente. De terno simples, porém com a face também oculta por uma máscara preta, o garçom que chegou perto de si estendeu uma bandeja dominada por taças altas de vinho branco — serviu-se de uma, girando o conteúdo até vê-lo formar um redemoinho no interior do cristal.

Ingeriu um gole, saboreando-o com a vivência de quem apodera-se de uma dose de néctar, ante os lábios pareciam revestidos com uma finíssima camada de umidade. O perfume feminino, tão leviano em seu aroma como os feitiços de uma flor, exalou de seu movimento quando os primeiros passos levaram-na ao interior do ambiente, aproximando-se de uma das enormes janelas e presenciando o céu estrelado lá fora.

Mais uma noite agradável.

Contudo, as íris azuladas como lapidadas safiras procuravam um alguém; cuja presença já lhe era tão comum que costumava ser diretamente associada à sua raiz. Hylla movimentou o queixo com tranquilidade, desviando a atenção à anfitriã assim que encontrou-a; o mais genuíno de seus sorrisos dominou-lhe o rosto. A dinamarquesa caminhou suavemente, aquele belíssimo vestido fazendo-a deslocar-se como uma sombra do pecado, e as pequenas ametistas que eram os ornamentos de sua máscara faziam-na parecer a precursora da luxúria.

Uma tempestade por completo.

Alcançou-a, exuberante em seu modo de viver, fluindo a imortalidade pelos poros. Embora soubesse que Isabelle evitasse o contato corporal, do qual Hylla é fã, ignorou o detalhe. Não era momento para formalidades, não ali, não entre aquelas duas. Envolveu-a no seu mais terno calor conjunto, trazendo o corpo atlético para si, comprimindo-a ao seu ser. Somente então se afastou para fitá-la nos olhos, grandes e belos. — Parabéns, Isa. — fora tudo que dissera. Afinal, não havia mais nada a ser dito.

Eu fiz algo pra você... Aqui está.

Estendeu uma pequena caixa cúbica, preta e metálica, ornamentada com estigmas de prata e selos de proteção. Abriu-a, revelando um colar dourado forjado numa finíssima corrente, a qual terminava-se em uma ametista de tonalidade tão profunda que seu púrpura parecia beirar o negro profundo, tendo pequenos brilhos à ela aderidos, fazendo aquela pepita dar a impressão de ser um pedaço particular do universo.

Minha mãe está tentando uma reconciliação e eu acabei por pedir um favor. — sorriu, fechando a caixa novamente após demonstrar seu conteúdo. Colocou-a nas mãos da aniversariante e melhor amiga, com um suspiro a fugir dos lábios entreabertos. — Conjurar o espírito deles do Mundo Inferior não foi fácil e... Bom, eles estão bem aí dentro. E agora, estarão sempre ao seu lado.

Afastou-se, deixando Isabelle. A mascarada ainda precisava encontrar outras pessoas naquela noite, uma delas sendo um artífice perigoso seu: uma de suas convidadas, cujos cabelos vermelhos estavam cheios de segredos e caos.


Presente:

† With You/Colar [associação de uma fina corrente de ouro com um pingente de ametista celestial, tão forte que beira a cor preta. É pontilhada com brilhos particulares, fazendo parecer que é um pedaço roubado do cosmos. Todavia, sua única capacidade, além da beleza extrema, é de comportar as almas dos falecidos irmãos de Isabelle: Dems e Mike. Pode conversar com eles, ouvi-los e vê-los. Presente de aniversário de Hylla]

+ tagisabelle's bday q
+ notes máscaras e vestidos, pessoas bonitas e aquele mistério no ar. Quem não gosta disso? Eu, particularmente, adoro.
BY MITZI


• you say witch like
it's a bad thing •
avatar

Feiticeiros de Circe
Feiticeiros de Circe


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
585/615  (585/615)
Energia (EP):
585/615  (585/615)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kyros W. Fritz em Seg 30 Jul 2018 - 17:33

Let just get to the point
Bad time bringer
Son of Hades
Clã Fritz



Um convite... ele tinha recebido um convite. De certo, aquilo era inesperado. Abriu e leu, era uma festa de aniversário. Deu um meio sorriso, aquele tipo de coisa ainda existia, hã? Guardou o convite com alguma consideração. Era o aniversário de uma garota chamada Isabelle, e por qualquer motivo que fosse, parecia importante.  - "Ricos e suas festas" - Pessoalmente ele odiava aquele tipo de evento, não gostava de ficar em festas, achava-as coisas sem objetivo, sem ponto e sem foco. Não daria um bom hedonista e certamente não era bom com conversas. Não ia, definitivamente não ia.

Então porque inferno de motivo ele estava ali, na entrada com uma máscara e um terno? Era um terno normal "O suficiente", que era a melhor forma que ele podia descrever, mas a máscara era um pouco demais. Feita de couro, parecia um sorriso de um esqueleto com um tapa-olho, o que deixava seu campo de visão bem afetado. A máscara vinha com um zíper no meio daquele "sorriso" pra que ele pudesse beber e comer, o que fazia a máscara ter um tom mais sadomasoquista ainda, o que era bom, pois estar ali certamente provava que ele era exatamente isso. O que ia fazer?

Caminhou até a aniversariante levemente nervoso, eles não se conheciam, e as máscaras deviam atrapalhar as coisas mesmo que se conhecessem, mas e dai? O presente que comprou era... bem, seria o mais único daquela festa, DISSO ele tinha certeza. Tentou parecer o mais confiante possível, mas na verdade não estava. Ao chegar próximo à ela estendeu a mão com um cartão e deu um sorriso por debaixo da máscara, fechando o único olho visível numa expressão clara de que estava sorrindo.

- Meus parabéns. - colocou o presente delicadamente na mão dela e saiu dali, levemente envergonhado. "Urgh, eu podia ter feito isso melhor." - Dentro do cartão de aniversário, é claro, haveria um pequeno cordão com um diamante negro na ponta. Tinha conseguido o diamante ele mesmo, quase morrendo duas vezes no processo. O resto tinha sido feito por um filho de Hefesto que conhecia. Foi o melhor que conseguira fazer no pouco tempo que teve.

Fez seu caminho até um dos cantos, ele não conhecia ninguém ali, e era péssimo com essas coisas. Se sentou em um dos sofás.

Presente:



Black Love - Um cordão de prata com um pequeno diamante negro na ponta, simples, porém bonito. - By Kyros

Roupa:

Máscara:

avatar

Filhos de Hades
Filhos de Hades


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
130/130  (130/130)
Energia (EP):
130/130  (130/130)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Hylla K. Werstonem em Ter 31 Jul 2018 - 18:16

masquerade
No sublime toque do silêncio, incrustado na ausência verbal dos lábios rosados, fez-se tão tranquila como um espectro dos quais dominava. O advento dos demais convidados fazia um sufocar lento subir pela garganta pálida, como se fechasse toda e qualquer via respiratória em um aperto torturado. Sentia falta da irmã mais velha, cuja presença quente aliviava qualquer de suas reprimidas crises; mas em cenário de ausência, para a loira mais jovem restava o sofrimento velado pela aparência angelical. Podia entender Hwang agora, seu amigo na irmandade mística regida por Circe.

Ainda assim, algo a tirou daquele estado lânguido no qual se encontrava anteriormente: uma presença. O arrepio que tomou-a fora incoerente ao momento, como se os mínimos instintos acordassem então, as íris como safiras valiosas vasculhando os tantos rostos paralisados em máscaras alegóricas — todo aquele clima misterioso fê-la respirar fundo. Conhecia a raiz do poder que havia se abatido sobre a zona, afinal as sementes do submundo sempre reconheciam umas às outras.

Hades.

Localizou a palidez marmoreada de sua pele ao longe, tão ou mais branco que a própria. Num meneio ao corpanzil musculoso, possivelmente mais alto que a loira, entendeu-o na visão de um terno de caimento perfeito, salvo a máscara que utilizava. Um sorriso delineou-se no semblante da mascarada — por vezes, conseguia ser ainda mais caótica que os próprios seguidores da deusa Éris.

Um filho de Hades perdido por aqui? — indagou quando fora encurtada a atmosfera entre ambos, aproximando-se dele com a mão pousada na cintura. Avaliou-o, dirigindo a exposição da arcada dentária impecável ao mesmo. Curiosamente, segurou as saias longas de seda preta de sua vestimenta e fez um comprimento antiquado, flexionando os joelhos de modo quase imperceptível, como uma lady de algum século passado. — Devo dizer, senhor, que seu terno é muito bonito.

Riu fracamente, apenas pelo encaixe momentâneo de um diálogo até então inexistente. A bruxa suspirou, afastando uma das longevas melenas perfumadas do ombro, empurrando-a para trás. Os cabelos loiros, que de tão claros podiam ser mesmo confundidos com o prateado fugaz, pareciam realçar o brilho sobrenatural daquela beleza intensificada, dos olhos azulados nas fendas da máscara bege.

Sou Hylla. — proferiu. — Você é...?


Presente:

† With You/Colar [associação de uma fina corrente de ouro com um pingente de ametista celestial, tão forte que beira a cor preta. É pontilhada com brilhos particulares, fazendo parecer que é um pedaço roubado do cosmos. Todavia, sua única capacidade, além da beleza extrema, é de comportar as almas dos falecidos irmãos de Isabelle: Dems e Mike. Pode conversar com eles, ouvi-los e vê-los. Presente de aniversário de Hylla]

+ tagisabelle's bday q
+ notes máscaras e vestidos, pessoas bonitas e aquele mistério no ar. Quem não gosta disso? Eu, particularmente, adoro.
BY MITZI


• you say witch like
it's a bad thing •
avatar

Feiticeiros de Circe
Feiticeiros de Circe


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
585/615  (585/615)
Energia (EP):
585/615  (585/615)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kyros W. Fritz em Ter 31 Jul 2018 - 18:34

Let just get to the point
Bad time bringer
Son of Hades
Clã Fritz



Não esperava muita conversa. Não, muita conversa era um exagero, ele não esperava conversa. Estava acostumado à ficar em seu canto, completamente calado e ignorado pelos irmãos. Vez ou outra falava com alguém quando precisava, mas não sentia aquilo naquela situação, preferia ficar sozinho e esperar por todo aquele evento acabar. Seus olhares preencheram o salão com um ar de dúvida, sabia que sequer podia ser notado por alguma das pessoas, exceto os garçons, que vez ou outra chegavam para oferecer petiscos.

Não era muito diferente do que ele lembrava das festas de criança. Ele sempre fora o mais rabugento da turma, então ficava no canto, comendo escondido as porcarias antes do parabéns. O pensamento da infância o fez sorrir, era quase reconfortante como aquela época parecia tão leve. Foi forçado a se afastar daqueles pensamentos quando alguém se aproximou dele. Ela estava vestida de preto, tinha um corpo voluptuoso e parecia ser bem bonita, mesmo de mascara "merda." Se repreendeu pela postura e se ajeitou apressadamente.

- Oh, Senhorita, seu vestido também é encantador. - Respondeu à altura da dona do corpo esbelto que se apresentava à sua frente. Ele não tendia à dar muita atenção para as pessoas que falavam com ele, mas algo lhe dizia que aquele não seria o melhor curso à se seguir. - Sou Kyros. - Levou a mão até o rosto e coçou a máscara por cima da bochecha, o gesto apaziguador que costumava fazer sempre que se encontrava em situações sociais.

A risada dela era o suficiente pra levar arrepios em sua espinha. Não saber com quem estava lidando certamente fazia daquela situação uma situação única e mais memorável. Se perguntou se a festa toda seria assim

- Eu pareço tanto com um peixe fora d'agua? - Perguntou, decidindo continuar com a conversa casualmente. A mão saiu de perto do rosto e ele cruzou os braços enquanto se recostou no sofá, estava ficando nervoso por não saber como prosseguir. - Não costumo ser a vida da festa, sabe?

Eu tenho que parar com esses trocadilhos idiotas.



avatar

Filhos de Hades
Filhos de Hades


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
130/130  (130/130)
Energia (EP):
130/130  (130/130)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Hylla K. Werstonem em Ter 31 Jul 2018 - 19:53

masquerade
No timbre da voz masculina, os elogios à vestimenta que trajava fizeram-na orgulhar-se de sua escolha. Podia encarar uma íris dele diretamente, negra como um abismo profundo e perverso, no qual seu olhar não demorou-se em demasia. O comentário que o associava a alguém deslocado era a mais pura verdade, ainda que não fosse do agrado da moçoila revelá-lo de prontidão; meneou o rosto com um suspiro, ainda que logo um riso vívido lhe dominasse os verbos singelos.

Quando um garçom passou por ali, atraído por aquela risada genuína que fluía como um zéfiro naquela atmosfera, aproximou-se estendendo à pequena uma bandeja de prata polida, onde equilibrava-se uma gama de taças cristalinas. Apanhou uma, conferindo o líquido púrpura em seu interior, juntamente ao aroma doce advindo da bebida etílica — estendeu-a na direção do moreno, sentando-se  ao seu lado do sofá de forro veludoso.

Alguns chamam isso de vinho. — as bochechas antes pálidas assumiram um rubor gracioso, que apoderou-se das maçãs protuberantes e macias como seda chinesa. Os olhos glaucos fitaram-no novamente, antecedendo qualquer gesto de outrora. — Mas cá entre nós, eu também o chamo de “coragem”. Talvez o ajude a socializar!

A última exclamação denotava o ânimo daquela jovem. Numa pausa contundente às reações do homem, deu um tapinha gracioso e sem qualquer intuito de machucá-lo, pousando a palma delicadamente no ombro largo como uma forma de incentivo a ele:

Só uma taça, juro. Ah, qual é? Você acha que eu deixaria algum convidado passar a noite sentado desse jeito no aniversário da minha melhor amiga? — questionou, ainda que qualquer traço de seriedade naquele discurso fosse veemente desmanchado pelo sorriso que instalava-se constantemente nos lábios pintados com um de seus batons matte prediletos. Indicou ao filho de Hades a taça de cristal ainda em sua mão. — Não seja chato, Kyros.

Experimentou a fonética do nome no sotaque dinamarquês, vendo o quão bem se encaixava ao vocabulário. Reclinou-se no espaldar macio como uma nuvem do sofá onde estavam, uma sobrancelha erguida, denotando a expectativa nos olhos azuis como um par de estrelas cadentes.


Presente:

† With You/Colar [associação de uma fina corrente de ouro com um pingente de ametista celestial, tão forte que beira a cor preta. É pontilhada com brilhos particulares, fazendo parecer que é um pedaço roubado do cosmos. Todavia, sua única capacidade, além da beleza extrema, é de comportar as almas dos falecidos irmãos de Isabelle: Dems e Mike. Pode conversar com eles, ouvi-los e vê-los. Presente de aniversário de Hylla]

+ tagisabelle's bday q
+ notes máscaras e vestidos, pessoas bonitas e aquele mistério no ar. Quem não gosta disso? Eu, particularmente, adoro.
BY MITZI


• you say witch like
it's a bad thing •
avatar

Feiticeiros de Circe
Feiticeiros de Circe


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
585/615  (585/615)
Energia (EP):
585/615  (585/615)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kyros W. Fritz em Ter 31 Jul 2018 - 20:10

Let just get to the point
Bad time bringer
Son of Hades
Clã Fritz


Aquela risada genuína o pegou de surpresa, estava bem mais acostumado com os revirares de olhos que recebia. Era o único filho de Hades com aquele hábito, o de ser engraçadinho. Não era muito respeitado por seus irmãos devido àquilo. Negou o vinho de primeira, ele nunca tinha bebido antes, aquela situação toda era muito nova pra ele. O único olho encarava aquela bebida com curiosidade, qual devia ser o gosto?

- Hey, Hylla, dá um desconto prósseo amigo aqui, eu nunca bebi nada. - A insistência era exatamente como sua mãe tinha dito que seria, mas... Ah, que se foda, sua mãe estava morta. - Certo, certo. - pegou a taça da mão dela e deu um suspiro antes que o mundo do álcool se abrisse diante dele. Não era tão ruim quanto tinha imaginado

Aproveitou o gosto da melhor forma que pôde, mas não era exatamente um expert. Engoliu rápido antes de voltar à beber. Bebia como se fosse uma bebida forte, mas simplesmente por não saber como fazer. Suspirou por entre um dos goles e a encarou com o único olho visível

- Como é a sua amiga? - perguntou, por fim. Seria bom saber de quem era a festa que estava basicamente invadindo e pra quem tinha dado o diamante negro. Céus fora um presente estranho de se dar à uma estranha.



avatar

Filhos de Hades
Filhos de Hades


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
130/130  (130/130)
Energia (EP):
130/130  (130/130)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Poseidon em Sex 3 Ago 2018 - 21:10

IT FEELS LIKE THERE'S OCEANS BETWEEN ME AND YOU ONCE AGAIN
Baile de máscaras? Estranho para ele se imaginar em um baile de máscaras, ainda mais cercado por semideuses. Onde, em milênios, ele havia se visto em uma situação como aquela? Apenas na época em que a Grécia ainda era o foco do milênio. Após os anos de outro gregos, dificilmente ele se vira em um lugar repleto de filhos de deuses. Era estranho e intimidador, e se o reconhecessem? Se quisessem se vingar por todas as missões suicidas e maldições que foram passadas? Ele certamente não queria transformar aquela festa em um atentado terrorista e fazer com que ela terminasse cheia de semideuses em forma de salmão.

Mas ela pedira para estar lá. Sempre ela, e, certamente, não havia como dizer não ao amor de sua vida. Poseidon suspirou se observando no espelho prateado no fundo de Atlântida. Estava de barba recém aparada assim como o cabelo também seguindo o corte social baixo. Usava uma calça social cor de chumbo e o blazer do paletó cinza escuro largado num estilo bad boy, por dentro utilizava uma camisa branca de linho com os dois últimos botões abertos.

Utilizou seu melhor perfume, o que sabia ser o preferido de sua amada


e logo estalou os dedos, se desfazendo em moléculas de água.


Suas moléculas se uniram novamente em frente a porta da casa de Isabelle, que estava aberta. O deus observou a entrada, contou até três e adentrou o local, sentindo logo o leve aroma de vinho que sempre perseguiu a semideusa. Olhou ao redor admirado, Isabelle tinha um bom gosto para decoração, em seu lugar outra semideusa com certeza decoraria o lugar de uma forma bem brega ao estilo Dionísio, com paredes de oncinha e várias coisas cafonas dignas de um bordel nos anos 20.

Olhou as pessoas no salão percebendo que haviam poucos recém chegados, e uma das poucas pessoas era Hylla, conversando com um jovem semideus, pela aura, uma prole de Hades. O deus caminhou vagamente até os jovens sendo interceptado por um garçom que logo pôs um copo de whisky em sua mão. Poseidon agradeceu com um leve gesto e se aproximou da amada, chegando por trás e pondo a mão em sua cintura, dando-lhe um beijo no pescoço.

— Boa noite! Espero não ter me atrasado! — Sorriu.

COPYRIGHT 2016 - ALL RIGHTS RESERVED FOR LARES

avatar

Deuses
Deuses


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Helena Brussel em Sab 4 Ago 2018 - 0:23


With a taste of your lips, I'm on a ride You're toxic, I'm slipping under with a taste of a poison I'm on paradise I'm addicted to you don't you know that you're
             

toxic

Respirei profundamente, joguei o cabelo para um lado, para o outro, para trás, até para frente e não consegui encontrar uma posição em que ele ficasse bem com aquela máscara. Aquela desgraçada tinha que dar um baile de máscaras, não podia fazer uma festa normal como os outros. Pelo menos meu vestido era fantástico, um tom roxo pastel que combinou com a máscara preta que comprei. Só me faltava uma companhia. Cheguei na entrada da mansão da vadia. Ah, como eu queria ver aquela mansão de perto, comprovar minha teoria de que, infelizmente, ela tinha bom gosto. Coloquei um sorriso de poder em meus lábios e adentrei o salão, não me dei ao trabalho de cumprimentar a aniversariante, não iria perder tempo com ela. Não agora.

Olhei a loira gostosa, Hyma, Hyca... Hylla? Era a minha madrasta nova, estava rindo por dentro, quanto tempo ela iria durar? Uma semana? Dois meses? Ela estava com um jovem que me chamou a atenção, ainda não tinha visto ele em lugar nenhum, talvez ele fosse a minha vítima. E pelo visto eu nem precisaria me esforçar pra chegar até lá, meu pai estava pegando a loira, obrigado papai, pelo menos pra alguma coisa você me foi útil. Ataquei o garçom com as bandejas, que ultrapassado, irei reclamar mais tarde, cheguei ao lado do casal mais sem graça de todos e abri um sorriso quase tão falso quanto Hylla.

- Oi papai, não esperava te ver por aqui – beijei a bochecha dele e olhei para a loira – Você deve ser a minha nova madrasta, sou Helena – abracei-a e dei três beijinhos – Três pra casar, né? E você, hum – olhei para o jovem, suspirei e tomei um longo gole do champanhe – Onde foi que acharam um semideus magnífico desses? – olhei de canto para meu pai e Hylla.


 

                     



A drop in the ocean
A change in the weather
I was praying that you and me might end up

together
avatar



Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
130/130  (130/130)
Energia (EP):
130/130  (130/130)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Brandon H.Smith em Sab 4 Ago 2018 - 10:50

Ω Another Party Ω
If you think this has a happy ending, you haven't been paying attention!




Olhou-se no espelho uma última vez para conferir as vestes: Um conjunto de roupas negras e no rosto a máscara de um Coringa “Creepy” que compara numa viagem a Budapeste que havia feito um ano atrás. Não era a intenção do garoto parecer formal ou no mínimo adequado para uma festa, vestia aquilo que sempre vestia em seu cotidiano.

...

Bran se encontrava no meio do salão de festa da Isa ainda cobrindo seu rosto com a máscara. Observava o local qual um detetive observa uma cena de crime. Não achou o que procurava. Pegou uma bebida, se dirigiu até um local discreto e retirou a máscara para poder desfrutar do drink que pediu. Deu de ombros.

Devia ser o início da festa, pois não haviam tantas pessoas no salão. Conseguiu ver um grupo de pessoas do lado oposto de onde se encontrava: Hylla estava conversando com seu meio-irmão, Kyros (Com quem Bran não tinha a menor aproximação), quando Poseidon chegou para marcar território. Sorrio. Em seguida uma filha do mesmo deus se aproximou, mas o espectro desviou a atenção, percebendo só então o quão grosseiro foi ao não falar com a aniversariante. Localizou-a e foi até ela, com a feição mais agradável que conseguiu fingir.

-Isabelle! – Chamou em um tom caloroso – Mais bonita que nunca. Os anos só lhe fazem bem! – Tirou do bolço uma caixinha, dentro havia um conjunto de pedras preciosas que ainda precisavam ser lapidadas. Bran preferiu não fazer delas anéis ou colares, deixou para a semideusa decidir – Faça bom uso, use sua imaginação! E parabéns! – Deu-lhe um sorriso e virou-se para ficar onde estava.

Ficou ali, parado e brincando com a bebida, observando ao redor e esperando que alguém interessante chegasse.


Roupa & Mascara:





You should hold onto your candles, the nights are so long now.




Brandon Henry    
Smith

avatar

Espectros de Érebo
Espectros de Érebo


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
320/330  (320/330)
Energia (EP):
320/330  (320/330)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kael K. Schmütz em Sab 4 Ago 2018 - 19:41



### words for tag

A lembrança do escritório destruído ainda o deixava triste algumas vezes, ele suspirou observando seu reflexo no espelho. Agora havia sido apresentado a um novo mundo, repleto de coisas novas, de histórias novas e pessoas novas.

Uma dessas pessoas estava fazendo aniversários, uma festa em meio a toda aquela loucura parecia surreal, mas, de alguma forma, aquelas pessoas preferiam entregar-se ao lazer uma vez ou outra que ficarem mergulhados na realidade dura da vida de merda que os deus os haviam largado.

O convite não chegara para ele, como era novato não conhecia muitas pessoas ali pelo camp, mas, sua amiga Ramonna havia sido convidada e, para não ir sozinha, o havia convocado. Sendo assim, lá estava ele com seu terno cinza e camisa branca, barba por fazer e óculos de aro. Faltava a máscara, ele não tinha, no entanto, Ramonna disse que arrumaria uma para ele quando fosse para o local, isso mesmo, ele iria encontrá-la por lá, e esperava que não fosse o primeiro a chegar.

***

Chegou na casa de Isabelle e não pôde deixar de ficar boquiaberto observando a construção. Nem os clientes mais ricos de sua mãe possuíam casas como aquela, ficou um pouco apreensivo ao observar a construção e um leve frio na barriga percorreu seu corpo. Não se sentia bem no meio de pessoas ricas, elas lembravam-no o sofrimento de sua mãe. Sua expressão ficou séria mas ele logo seguiu o caminho de entrada, subindo as escadas e procurando pela prole de Hécate.

— Não creio que ela vá chegar atrasada…
avatar

Filhos de Phobos
Filhos de Phobos


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Hylla K. Werstonem em Sab 4 Ago 2018 - 20:40

masquerade
Nascido no contorno dos lábios, o espectro sugestivo de um sorriso iniciou-se precoce, no momento conciso no qual o homem mediante o corpo voluptuoso experimentava uma bebida etílica pela primeira vez. O despreparo, somado às genuínas expressões faciais dos primeiros goles, fizeram-na rir — antecipava um meneio singelo da mão na atmosfera, ao ponto em que instituía a primeira menção ao gole em sua própria taça.

Antes que pudesse, contudo, responder devidamente a pergunta instigada pelo descendente de Hades, uma outra energia apoderou-se daquele ambiente — a qual era conhecida perfeitamente pela loira. Como um sexto sentido a agitar-lhe o âmago, trouxera à epiderme alva um arrepio por ela incompreendido. Em pouquíssimo tempo, uma mão cuidadosa repousava em seu corpo, cuja receptividade fora acesa pelo mínimo ato.

O beijo que decaiu na curva do pescoço fizera com que fechasse os olhos por um breve instante, aproveitando o contato protetor do homem mais alto, cujo calor corpóreo irradiava contra a estrutura física menos musculosa da semideusa; girou tranquilamente, enlaçando o pescoço alheio com ambos os braços suaves, beijando-o com paixão antes de findá-lo. — Chegou no momento oportuno. — comentou com o noivo, desviando o foco glauco das íris injetadas de magia para o meio-sangue. Apoiou as costas no peitoral firme da divindade: — Querido, esse é Kyros, filho de Hades.

Ela sorria no instante em que outro alguém apresentou-se. Logo, o que antes havia no semblante da mascarada transfigurou-se em uma repulsa natural quando a outra loira, de cabelos dourados e boca farta, aproximou-se deles. Mais uma garotinha tentando bancar a cobra, pensou. A falsidade injetada nas palavras da desconhecida deixaram-na incomodada, juntamente ao olhar repleto de cinismo com o qual era mirada.

Lá vamos nós novamente...

Kyros, qual seria a graça de eu falar sobre Isabelle quando você mesmo pode conhecê-la e formar seu pensamento sobre ela? — as íris azuis brilharam no contraste de sua máscara ornamentada. No ângulo azimutal com o qual encarava o rapaz de olhos pretos anteriormente, direcionava agora o foco à dona da cabeleira loira, de falácias venenosas. — Mas ela parece uma boa companhia para você, não acha? — indicou a filha de Poseidon.

No entretempo, segurava a mão do noivo com afinco.

Você não se importaria em deixá-la na companhia do seu “magnífico” sobrinho, não é? — usou propositalmente o mesmo adjetivo selecionado pela outra, abrindo para ela um sorrisinho seco, ao passo que o gelo glacial das íris grandes sequer suavizava. Aproximou-se, dando um beijinho na bochecha da garota.

Os dígitos esguios comprimiram-se contra a mão do deus, os passos levando-a adiante no intuito de tirá-lo dali. — Nós voltaremos já. — falou, levando-o a um canto mais reservado. Beijou-o, com aquela intensidade quente de dois amantes, ainda que contida, observando-o no fundo das íris claras. — Estou feliz que você veio. — sussurrou.


Presente:

† With You/Colar [associação de uma fina corrente de ouro com um pingente de ametista celestial, tão forte que beira a cor preta. É pontilhada com brilhos particulares, fazendo parecer que é um pedaço roubado do cosmos. Todavia, sua única capacidade, além da beleza extrema, é de comportar as almas dos falecidos irmãos de Isabelle: Dems e Mike. Pode conversar com eles, ouvi-los e vê-los. Presente de aniversário de Hylla]

+ tagisabelle's bday q
+ notes máscaras e vestidos, pessoas bonitas e aquele mistério no ar. Quem não gosta disso? Eu, particularmente, adoro.
BY MITZI


• you say witch like
it's a bad thing •
avatar

Feiticeiros de Circe
Feiticeiros de Circe


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
585/615  (585/615)
Energia (EP):
585/615  (585/615)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Ramonna Völker Rothschild em Dom 5 Ago 2018 - 17:03

Dance
Nunca que a ruiva iria imaginar que iria ser convidada para festa de uma Duchanne, porém, fora totalmente surpreendida com a chegada do convite no chalé de Hécate. Tudo bem, já havia tido relações com os tais, mas nada além de negócios e se alguém lhe falasse que Isabelle era cria de um deus grego, certamente daria risada ignorando a “insanidade”.

Por mais que não houvesse intimidade com a aniversariante, Ramonna estava disposta a comparecer ao evento. Tinha por si, que aquela era ótima oportunidade de conhecer mais semideuses e até mesmo saber sobre sua mãe, aliás, nunca se sabe quando uma deusa como Hécate resolve dar a graça de sua presença. Apesar de estar firme em seu desejo de conhecer novas pessoas, temia em ir sem nenhuma alma de fato familiar, afinal, se não conseguisse fazer amizades precisaria de alguém pelo menos para lhe acompanhar nas bebidas.

“Kael…” - A primeira pessoa que lhe veio em mente fora o filho de Phobos que havia conhecido que de certa maneira havia mexido com a ruiva de forma intimidadora, talvez, fosse por culpa da herança do progenitor do rapaz ou não. Definitivamente, seria ele o seu acompanhante, portanto, se certificou de repassar ao mensageiro de Isa o nome do rapaz e claro, lhe fez o convite que não fora recusado… Agora, sua preocupação se dava em roupas e máscaras…

[...]

Os cabelos alaranjados se encontravam ondulados e devidamente alinhados do lado direito da cabeça escorregando pelo ombro e alcançando próximo a sua cintura. Lábios vermelhos, sardas parcialmente cobertas pela maquiagem leve que se permitiu usar naquela noite, afinal, metade dela seria escondida pela máscara preta lindamente ornada com pedrarias vermelhas além das penas pretas e douradas - É um exagero mas é o que tenho.

Parada em frente ao espelho, Ramonna mirava seu corpo que agora se encontrava parcialmente coberto pelo vestido preto que descia até o chão. Na perna direita uma fenta descia desde a coxa deixando a pele exposta assim como o decote. No pescoço o maxi colar de corrente dourada fina descia entre o decote finalizando em um pingente vermelho e no braço sua pulseira “do futuro”. De fato, a ruiva estava linda.

Sem mais demora, Ramonna tomou a máscara masculina que prometera a Kael e partirá ao seu destino

[...]

Ramonna estava acostumada com festas como aquela, seus pais costumavam dar várias aos seus sócios, porém, a garota estava pouco nervosa quando parou em frente a porta de entrada. Ela torcia para que o filho de Phobos não tivesse lhe dado um bolo.

Um, dois, três, quatro, cinco passos. Ela estava dentro do salão decorado de forma charmosa, seus olhos se deliciaram com os ornamentos, mas seu coração bateu ao encontrar Kael entre os presentes.
O rapaz estava deveras apresentável e a cria de Hécate não conseguira conter o sorriso caminhando até ele com a mascara do mesmo em mãos :

— Olha só, ele realmente veio…


chu *3*


Ramonna
filha de Hécate, futura (q) líder de chalé
avatar

Filhos de Hécate
Filhos de Hécate


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
95/120  (95/120)
Energia (EP):
85/120  (85/120)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kyros W. Fritz em Dom 5 Ago 2018 - 17:22

Let just get to the point
Bad time bringer
Son of Hades
Clã Fritz



O fluxo de informações era bem maior do que ele achou que seria. Do nada parecia que inúmeras pessoas tinham decidido se juntar àquela conversa, inclusive... um deus? Pelo que tinha entendido da história, ele era noivo da Hylla "Eu tenho quase certeza de que ele já tem uma esposa." Claro, a vida dos deuses e, claro, dos semideuses e seus relacionamentos de nada o intrigavam ou mesmo interessavam, ele não se importava, não ligava e mais importante ainda, não julgava. Se eram realmente noivos queria mais é que fossem felizes.

O clima de animosidade entre as duas semideusas, no entanto, era o suficiente para fazê-lo ponderar se iria querer continuar ali. A única pessoa com quem conversava obviamente iria querer ficar com o noivo, e isso no melhor caso o deixaria de vela e no pior, o deixaria quieto pelo resto do durar da noite.

Foi quando a filha de Poseidon chegou que as coisas ficaram mais estranhas pra ele. já tinha sido chamado de muita coisa, mas magnífico era algo completamente novo. Suspirou com o comentário, quase crente de que se tratava de ironia. O único olho se fechou por debaixo da máscara com um suspiro levemente nervoso. Ela também podia estar falando a verdade.

-Obrigado, meu nome é Kyros. - disse, meio sem jeito.
avatar

Filhos de Hades
Filhos de Hades


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
130/130  (130/130)
Energia (EP):
130/130  (130/130)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Poseidon em Dom 5 Ago 2018 - 20:48

IT FEELS LIKE THERE'S OCEANS BETWEEN ME AND YOU ONCE AGAIN
Mal chegara e já se deparara com a presença de Helena, adentrando no meio da conversa, oferecendo-se para a jovem prole de Hades e, como bônus, sendo hostil com sua noiva. Poseidon certamente havia feito uma nota mental para castigá-la mais tarde, agora não seria um bom momento de ter aquela famosa conversa entre pai e filha e suspender a mesada da jovem.

Hylla o puxara para conversar em um lugar mais reservado, mentalmente o deus agradeceu a ela pelo gesto, se olhasse para a filha por mais um segundo poderia carbonizá-la ali mesmo.

O homem passou o polegar pela bochecha de sua amada sentindo a maciez das peles em contato e aquela famosa carga de energia que sentia sempre que fazia esse gesto. Sorriu ao ouvir o comentário alheio da outra e lhe roubou um selinho.


— E você acha mesmo que eu a abandonaria numa noite especial como essas? — Sorriu e continuou observando-a. — Sei como Isabelle é sua amiga, se ela é importante para ti, é importante para mim. — Lhe deu mais um selinho e em seguida tomou um gole de sua própria bebida. — Trouxe até um presente para ela, uma habilidade especial. Ainda não a vi para poder presenteá-la. — Acariciou a mão da outra em contato com a sua. — Nós poderiá-mos procurá-la e dar os parabéns ou… ou talvez procurarmos um lugar mais reservado para podermos, como poderia dizer… ter uma certa conversa em particular, uma que anda pendente a um certo tempo.

Bebeu mais um gole de sua bebida enquanto a observava de forma curiosa.

COPYRIGHT 2016 - ALL RIGHTS RESERVED FOR LARES

avatar

Deuses
Deuses


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kael K. Schmütz em Dom 5 Ago 2018 - 21:01



### words for tag

Kael havia sido abordado por um garçom e se via com uma taça de vinho tinto pendendo em sua mão, mal havia chegado e já estava ali ingerindo álcool para ficar, digamos, mais solto. Estava começando a ficar preocupado ao pensar que Ramonna iria deixá-lo ali plantado em meio a várias pessoas desconhecidas. Pelo menos ele havia se lembrado de trazer algum presente para a aniversariante, se a visse passar (Ramonna havia dado uma breve descrição de como ela era), poderia dar os parabéns e lhe dar o presente que comprara.

Suspirou novamente bebendo mais um gole de vinho e virou-se mais uma vez em direção a porta, na esperança de ver Ramonna chegar. Engoliu em seco quando viu a ruiva adentrando o local com seu vestido longo negro, em seu rosto já encontrava-se a máscara ocultando sua verdadeira identidade mas, mesmo assim, ele não deixou de reconhecê-la e perceber que ela estava muito bonita. Linda, na verdade. Mas que raio de pensamento era aquele?

— Olha só, ele realmente veio… — Ela falou entregando-o a máscara.

Kael posicionou ela em seu rosto e sorriu torto para ela.

— Se você demorasse mais um pouco eu contaria a eternidade, engraçadinha. — Posicionou o braço próximo a ela, para que a mesma pudesse segurá-lo. — Vamos encontrar Isabelle, acho que temos uns parabéns para dar, pelo menos antes que ela repare que você me trouxe como penetra. — Riu.  

avatar

Filhos de Phobos
Filhos de Phobos


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Ramonna Völker Rothschild em Dom 5 Ago 2018 - 21:26

Dance
O riso de Kael fora um presente para a ruiva, afinal, não era sempre que via o filho de Phobos com um sorriso no rosto e muito menos dando risadas. Normalmente, todas as vezes que se encontrava com Kael em qualquer parte do camp acabava por se deparar com alguém marrento, mas naquele dia ele realmente parecia estar disposto a ser “alguém de verdade”.
Ela riu junto dele antes de descansar a mão direita no braço do rapaz. Daquela maneira, eles pareciam um casal de verdade e não dois jovens perdidos numa festa de gente “fora do normal” assim como os mesmos se descobriram ser.

— Não se preocupe, Isabelle não vai te colocar pra fora, me certifiquei de avisa-lá. que estaria comigo
— a ruiva sorriu dando um leve apertão no braço que segurava — Creio que trouxe o presente não é mesmo? Espero que sim, pois eu esqueci totalmente disso.

Ramonna riu baixo e olhou em volta antes de encara-lo com seus olhos azuis cintilando. Aquela seria uma noite e tanto.

chu *3*


Ramonna
filha de Hécate, futura (q) líder de chalé
avatar

Filhos de Hécate
Filhos de Hécate


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
95/120  (95/120)
Energia (EP):
85/120  (85/120)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Hylla K. Werstonem em Dom 5 Ago 2018 - 21:45

masquerade
A proximidade dos corpos a fazia experimentar uma nova atmosfera, aquela diminuta que existia somente no vago entre os corpos quase colados. A mão de pele alva era quase totalmente encoberta pela do outro, bronzeada e suave — e em um dos dedos da mão esquerda do noivo, pudera definir o contorno anelar da joia gêmea à sua. Beijou-o, intensa e demoradamente, junta ao corpo musculoso onde comumente buscava abrigo.

Ah, sem dúvidas Isabelle está vivenciando uma noite especial. Mas vale lembrar que ela é imortal, então você tem bastante tempo para entregar seu presente. — percorreu os dígitos pela barba perfeita da deidade, brincando com o contorno avermelhado do lábio inferior do homem. Incrivelmente sensual.Essa noite também é nossa, sabia?

Dissera num sussurro, perigosamente próxima a ele. A catálise de seus corpos parecia explosão de supernovas, preenchendo-a com uma energia diferente que a fazia arrepiar-se por completo, agitando a magia que fluía em harmonia ao seu sangue. Os dedos da mão livre subiram pela nuca do mais velho, adentrando a cabeleira perfumada e castanha, deslizando com facilidade pelos fios sedosos dos capilares delicados.

A outra mão, após soltar a dele, libertou um botão de sua camisa da respectiva casa. Em seguida, adentrava cuidadosamente o peitoral largo e morno, discreta em seu toque singelo, dona de uma falsa inocência nas bochechas coradas. Então abriu mais outro, tornando tudo ainda mais perigoso e sedutor — mesmo que distantes, permaneciam no salão principal. A risada baixa que ganhou vida em notas harmoniosas em seus lábios ressoou até ele, provocante e perigosa como o mais exótico veneno.

Ah, certo, Poseidon. — os olhos glaucos miraram-no, maliciosos, apaixonados. A mesma mão que antes abria os botões da camisa branca desciam agora pelo lado do fora, sentindo os músculos atraentes ao tato, repousando na anatomia mais baixa, no centro da localidade onde começavam as coxas grossas. Acariciou-o. — Temos muito a conversar.



~*~



“Je t'aime”.

A porta se fechou com força assim que o empurrou para dentro, trancando-se sob a vontade da semideusa. Empurrou-o contra a parede de mármore bege, pressionando-o naquele sólido ao passo em que removia a própria máscara da face.

Beijou-o, o coração pulsando numa saudade latente, carente daqueles toques tão precisos que somente aquele homem lhe proporcionava. As mãos agora corriam livres, desde os cabelos dele, agora bagunçados, pelo colarinho da camisa que ela abrira até a metade no corredor vazio até aquela sala pequena.

Abraçou-o, comprimindo o corpo ao dele, como se numa tentativa de findar qualquer espaçamento desnecessário entre suas estruturas. Com um princípio de um sorriso, aquela linda flor do Lácio se mostrava agora uma rosa — vermelha e sedutora.



Presente:

† With You/Colar [associação de uma fina corrente de ouro com um pingente de ametista celestial, tão forte que beira a cor preta. É pontilhada com brilhos particulares, fazendo parecer que é um pedaço roubado do cosmos. Todavia, sua única capacidade, além da beleza extrema, é de comportar as almas dos falecidos irmãos de Isabelle: Dems e Mike. Pode conversar com eles, ouvi-los e vê-los. Presente de aniversário de Hylla]

+ tagisabelle's bday q
+ notes máscaras e vestidos, pessoas bonitas e aquele mistério no ar. Quem não gosta disso? Eu, particularmente, adoro.
BY MITZI


• you say witch like
it's a bad thing •
avatar

Feiticeiros de Circe
Feiticeiros de Circe


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
585/615  (585/615)
Energia (EP):
585/615  (585/615)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kael K. Schmütz em Dom 5 Ago 2018 - 21:56



### words for tag

Kael ergueu uma sobrancelha e a encarou, incrível ver como os olhos da moça pareciam um caleidoscópio, indo do azul ao violeta com leves tons de turquesa vez ou outra. Ele nunca havia reparado na cor dos olhos dela, talvez por não ligar muito pra essas coisas ou talvez por nunca tê-la visto de tão perto antes.

— Não sou esse tipo de cara, não esqueceria o presente da aniversariante. Mesmo sem ter sido convidado, claro. — Olhou ao redor vendo os semideuses, alguns podia reconhecer do próprio acampamento, já outros, nunca vira na vida. Seu olhar voltou-se para Ramonna percebendo que ela também o encarava. — Bom, não vou negar que você está bonita essa noite, deve ser a máscara. — Brincou com ela ao sentir o aperto um tanto mais forte em seu braço. — Por quê não bebemos um pouco? Creio que o vinho das mênades é o melhor.

Pegou duas taças do garçom mais próximo que passava por ali e ofereceu uma para a garota, fazendo menção a um brinde no momento seguinte.
 

avatar

Filhos de Phobos
Filhos de Phobos


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Poseidon em Dom 5 Ago 2018 - 22:13

IT FEELS LIKE THERE'S OCEANS BETWEEN ME AND YOU ONCE AGAIN
Hylla o conduzira até uma pequena sala próxima ao salão onde estava sendo comemorada a festa.  O deus não reparou se alguém os viu, também, ao longo dos séculos aprendera a não se importar com o que pensavam a respeito de suas atitudes. Hylla havia desabotoado dois botões de sua camisa e agora ele conseguia sentir um pouco mais da brisa ao caminhar com ela.

Sua amada o empurrou para dentro da pequena sala, ele pôde ver que era um pequeno escritório. Haviam duas poltronas de couro negro no centro, em cima de um tapete bege. Ao canto ele conseguiu ver uma lareira com algumas estatuetas em cima. Ao final da sala havia uma enorme estante de livros e um pouco mais a frente uma escrivaninha com uma porção de papéis e pastas e um notebook.

A feiticeira segurou seu rosto entre as mãos dando início a um beijo intenso, o deus levou as mãos até sua cintura puxando-a para perto de si no momento em que ela o empurrou para a parede bege do escritório.


Ele passou as mãos pelas costas da mesma sentindo o toque da mesma contra seu próprio corpo, de forma a provocar leves arrepios.
Logo contornou as curvas da outra como se fosse uma poesia, curvas que ele conhecia bem e que, com certeza, não se cansaria de recitar.

Ele estava repleto de saudade de sua amada, o relacionamento dos dois estava a caminho de completar um ano mas os meses que ficavam juntos poderiam facilmente serem contados nos dedos. As obrigações como feiticeira assim como as obrigações dele como deus acabavam por atrapalhar um pouco, mas, nada que a distância ou que o tempo pudesse destruir ou desestruturar.

Ele pausou o beijo e observou o rosto dela, o batom um pouco borrado e as bochechas levemente rosadas. Seu colarinho permanecia aberto e os cabelos despenteados e em meio aquela cena ele sorriu de canto e fixou seu olhar nos olhos claros de sua amada.

— Essa noite eu quero você.


COPYRIGHT 2016 - ALL RIGHTS RESERVED FOR LARES

avatar

Deuses
Deuses


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Elijah B. Montgomery em Seg 6 Ago 2018 - 11:28

Elijah encarava o teto alto do quarto se questionando quantas vezes mais iria ficar ficar ali, naquele mesmo ato sem qualquer reação. A inércia havia lhe tomado conta e se tornara uma prisão pessoal, onde ele mesmo havia se colocado como autodefesa. Talvez, a prole de Apolo acreditasse que a melhor forma de proteger os seus seria se mantendo afastado, pelo menos até descobrir a razão de ter voltado a vida.

De fato ele se esforçava. Por mais que morasse sob o mesmo teto que a irmã gemêa, se permitia juntar-se a ela e ao marido apenas em casos especiais, o acampamento nunca mais fora visitar e Isabelle… Bom, ele dava seu jeito de admirá-la e tê-la consigo de longe, mas agora algo lhe abalara. O aniversário da amada.

— Baile de Máscaras? —  O rapaz agarrou o convite que pairava sobre a cama. O envelope muito bem feito, escrito com caligrafia que nitidamente não pertencia a filha de Ares, vinha lhe comendo o juízo a dois longos dias — Pode ser que uma passada não fará mal a ninguém.

Ele se ergueu decidido. As vozes em sua cabeça outrora lhe contrariavam, mas daquela vez, elas seriam ignoradas.

As madeixas começavam a se desbotar, era uma ótima oportunidade para um retoque rápido. Elijah fazia questão que Isabelle lhe reencontrasse em sua melhor forma. Na bancada do banheiro o rapaz preparou a tinta da forma que estava acostumado e em poucos minutos, os fios de cabelo já se encontram embebidos pela mistura homogênea que tinha o efeito um tanto rápido. Pronto.
Um banho rápido seguido da escolha de roupa fora o que aconteceu depois. Graças ao que aprendera com Zoey, seu bom gosto se tornara notável e a escolha da camisa branca em conjunto do blazer azul escuro esportivo lhe caíram muito bem, assim como a calça no tom um pouco mais escuro que a terceira peça. Agora lhe faltava o fundamental, a máscara.

A prole de Apolo revirou o quarto em busca de uma máscara qualquer. De baixo da cama, no guarda-roupa, dentro das gavetas e por fim apelou para um dos criados do castelo que sem dificuldade lhe arranjaram um máscara preta sem muitos detalhes um “obrigado” saiu de seus lábios, mas ele não tinha tempo pra perder esperando pela resposta, a ida até o local festa seria longa.

》》》● ● ●《《《

Elijah estava parado diante a porta principal do salão de festa. Em sua cabeça passava diversas possibilidades sobre a reação da filha de Ares ao se deparar com ele ali, diante de seus olhos e definitivamente não sabia qual delas ela iria aderir. Respirou fundo e entrou.

Seus olhos percorriam o lugar procurando a garota que aparentemente ainda não presenteava a todos com sua presença, porém, era inevitável que continuasse a procurá-la, agora com uma taça de vinho na mão.

∆ LYL - FG




Elijah Montgomery
Quando tudo for escuridão, eu serei sua luz.
©️ HARDROCK
avatar

Astrólogos de Asteris
Astrólogos de Asteris


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
250/250  (250/250)
Energia (EP):
250/250  (250/250)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Ramonna Völker Rothschild em Seg 6 Ago 2018 - 21:21

Dance
Ela iria beber naquela noite e dessa vez sem medo do que aconteceria quando ficasse um pouco “alegre demais”. Ramonna acreditava que se fosse preciso, Kael lhe ajudaria de algum jeito em qualquer coisa, afinal, ele estava ali por ela, não era?


— Mas você está muito engraçadinho essa noite não é?
— a cria de Hécate sorri segurando sua taça cedida pelo rapaz e então lhe acompanhou em um brinde rápido antes de dar o primeiro gole — Dizem os sábios que realmente é o melhor vinho, portanto, veremos...

A garota sorriu uma segunda antes se levar a taça aos lábios. Sem cerimônia ingeriu o líquido que desceu pela garganta lhe esquentando por dentro .

— É, realmente é um vinho maravilhoso, combina comigo não acha?
— O riso de Ramonna se fez transparecendo sua alegria momentânea

chu *3*



Ramonna
filha de Hécate, futura (q) líder de chalé
avatar

Filhos de Hécate
Filhos de Hécate


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
95/120  (95/120)
Energia (EP):
85/120  (85/120)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Kael K. Schmütz em Ter 7 Ago 2018 - 11:19



### words for tag


A cria de Phobos tomou um gole do conteúdo, sentindo-o explorar todas as regiões de sua boca e tocar todas suas papilas gustativas, trazendo-o de volta várias de suas lembranças, todas, de alguma forma, intensas. Logo em seguida sentiu o liquido descendo por sua garganta de forma leve e se espalhando pelo corpo numa viagem rápida entre os vasos sanguíneos, espalhando um leve calor momentâneo.

— É, realmente é um vinho maravilhoso, combina comigo, não acha? — Ela sorria em meio aquele comentário e conseguiu arrancar um leve sorriso dos lábios do jovem também.

Ele a observou em um leve erguer de sobrancelhas, sua pele pálida em contraste com os cabelos cor de cobre, os olhos claros e o vestido negro. Se ele pudesse compará-la com alguma coisa, certamente a compararia com uma garrafa daquele vinho numa noite como aquela.

— Eu diria que sim, parece feito sob medida. Um toque de intensidade, duas gotas de mistério, uma boa dose de fragrância e com certeza o melhor sabor. — Exibiu novamente um sorriso. — Embora esse último eu ainda não tenha provado da fonte original.

Olhou para frente novamente a tempo de ver uma jovem loira e um homem de energia diferente, seria... Poseidon? Ele ficou intrigado observando-a levá-lo a uma sala nos fundos da casa de Isabelle. Kael era novo naquele meio mas com certeza fora a cena mais esquisita que já vira.  

avatar

Filhos de Phobos
Filhos de Phobos


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Reyna K. Mavros em Qua 8 Ago 2018 - 14:20

And I was running far away
Would I run off the wall someday?

Lá fora chovia muito, ela olhava os pingos escorrerem pelo vidro escuro do quarto, deveria ir naquele baile? Deveria se expor e correr o risco de ser levada de volta para Mônaco? Mas e se ficasse ali, na Ilha, deitada na cama, entediada e imaginando como teria sido o baile?

Reyna afastou os pensamentos e foi em direção ao guarda-roupa, não havia trazido muita coisa, mas não conseguira deixar para trás os vestidos favoritos. Já havia perdido a conta de quantas vezes usara a mesma peça e ouvira os mesmos sermões de sua mãe adotiva, não entendia porque precisava comprar um para cada festa.

Trouxera uma das máscaras de baile, a primeira que ela ganhara, foi um presente de Jean, Reyna mantinha a mesma em uma cúpula de vidro. Eram lembranças boas que tinha do irmão, as poucas que haviam sobrado, o resto da família eliminara tudo que tinha de Jean, queimaram, quebraram, destruíram, até que não sobrasse nada. Viviam dizendo que o que você não vê, não sente, era quase o lema da família.

A morena salvou o que podia e escondeu na ilha, as vezes se perguntava se havia algum modo de trazer o irmão de volta, mas seria justo com ele? Era puro egoísmo dela, talvez Jean estivesse melhor nos Elíseos do que estava naquele castelo. Tomou um banho rápido e vestiu a peça branca, com cuidado pegou a máscara e arrumou-a, deixou os cabelos soltos, não queria parecer com Margot.

...

O salão do Château de Isabelle estava decorado maravilhosamente, lembrava-a das festas que costumava ir. Um dos garçons veio com uma taça de champanhe, que a morena não recusou, procurou pela aniversariante, mas não identificou onde ela estava, resolveu entregar o presente para o criado. Procurou uma das mesas e sentou-se, talvez visse algo ou alguém interessante, mas naquele momento estava tudo tão calmo por ali.


Copyright ©️ 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics


And for a moment I thought you were here
avatar



Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/115  (100/115)
Energia (EP):
100/115  (100/115)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão de Festas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum