Últimos assuntos
» Que Animal lembra a pessoa acima?
Ontem à(s) 23:13 por Luke I. Blackwood

» Flood 4.0
Ter 24 Abr 2018 - 1:15 por Tayllor B. Grindelwald

» Jogo Do Colegial
Sex 20 Abr 2018 - 8:56 por Martín Salid Gonzalez

» Barraca do amor / Procura-se
Qui 19 Abr 2018 - 14:39 por Luke I. Blackwood

» Templates, Sign e whatever
Dom 15 Abr 2018 - 12:10 por Cher H. Hörfwiden

» Pra mim você é
Sab 7 Abr 2018 - 17:55 por Brianna W. Dellannoy

» [RP] Pandora Aërsterien
Sex 30 Mar 2018 - 12:13 por Pandora Aërsterien

» Sala de Jantar
Ter 20 Mar 2018 - 21:33 por Sebastian V. Woljöden

» [RP] Astera C. Morgenstern
Sab 17 Mar 2018 - 23:08 por Astera C. Morgenstern

» Pego - Namoro - Passo - Caso - Morre Diablo!
Qua 14 Mar 2018 - 19:57 por Sebastian V. Woljöden

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

------- Deuses -------
Lissa
Dona da poha toda
Fundadora
Enviar MPVer perfil
Afrodite
Espelho, espelho meu
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Zeus
Zeusa, com S
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Nyx
Rainha da Noite
Adm Master
Enviar MPVer perfil
Hécate
Mãe de todos
Adm
Enviar MPVer perfil
Poseidon
Rei do Sushi
Adm
Enviar MPVer perfil
Hera
Corna
Adm
Enviar MPVer perfil
Hades
Suco de caixinha
Adm
Enviar MPVer perfil
------- DHB Awards -------
Deus Mais Sexy
Nyx
Semideus Mais Sexy
Sebastian V. Woljöden
Deus Mais Influente
Zeus
Semideus Mais Influente
Isabelle Duchanne
Melhor Casal
Poseylla
Melhor Postador
Hylla K. Werstonem
Mais Rodado
Anko Utakata
Melhor Líder/Conselheiro
Zoey Montgomery
Personalidade Feminina
Hylla K. Werstonem
Personalidade Masculina
Brandon H. Smith
Melhor Anarquista de Éris
Pandora Aërsterien
Melhor Astrólogo de Asteris
Urania Lesauvage
Melhor Caçadora de Ártemis
Brooke Vegah
Melhor Curandeiro de Asclépio
Maxine C. Blink
Melhor Espectro de Érebo
Astrid Raimann Lehner
Melhor Feiticeiro de Circe
Zoey Montgomery
Melhor Mênade
Isabelle Duchanne
Melhor Sacerdotisa de Nyx
Alicia Watts Schratter
------- Parceiros -------

Parceiros
---------- CRÉDITOS ----------

[TREINOS] de Mademoiselle Nágila McCready Köller

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[TREINOS] de Mademoiselle Nágila McCready Köller

Mensagem por Nágila McCready Köller em Sex 19 Dez 2014 - 0:39

Topico pros meus treinos e finish, bejo vlw ;*


0
100% diva | Filha de Afrodite | Amiguxa da Lori | Grécia is amazing
avatar

Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [TREINOS] de Mademoiselle Nágila McCready Köller

Mensagem por Nágila McCready Köller em Sex 19 Dez 2014 - 16:15


Um aperto firme agredia-me de forma ridiculamente incomoda. Quem ousava me perturbar pleno sono maravilhoso? Recusei-me a despertar tão cedo. Virei-me para o lado e então pressionei os olhos com força, tentando prender-me em um sonho agradável. Nada adiantava, a voz fina continuava a me perturbar – Que é?! – resmunguei na cama quente e confortável que me suportava a noite inteira. Virei-me e finalmente vi a garota me importunando... era Amanda – Cabelo de novo? Não, se vira, não virei cabeleireira. – resmunguei a ela com voz fanha de sono, mas o tom de voz dela soou calmo e amigável, em tese. Amanda me puxou falando que era hora de levantar, mas me recusei ouvir aquela mandona – O que você acha que esta fazendo? Não to afim de levantar. – briguei e lutei pelo resquício de sono que me restava, mas não foi uma batalha fácil. Preferia espadas ao brigar com Amanda – Venceu. Agora me deixa me arrumar. – pedi sonolenta, erguendo meu corpo devagar.  Logo minhas mãos foram se erguendo lentamente, percorrendo meu corpo enquanto o apertava, ativando cada área de meu corpo que ainda estava sonolenta. Balancei minhas madeixas loiras, sentindo um formigamento percorrer meu corpo, até um bocejo dar o ar da graça. Abri os olhos e sacudi a cabeça levantando-me por fim.
 
Então se iniciou a segunda etapa onde deslize devagar meus pés ate o banheiro do chalé. Adentrei após esbarrar em muitas coisas e em alguns irmãos, quem resmungaram depois – Da um tempo. – gritei batendo a porta após adentrar o recinto.  Comecei então a preparar um banho enquanto despia-me. A água quente abluiu-me das impurezas e então revigorou minhas energias. Lavei minhas madeixas orgulhosamente e então sai da água, secando-me ate satisfazer-me da ação. Enrolei a toalha em meu corpo e então sai do banheiro, seguindo para minha cama onde comecei a me arrumar. Minha roupa marcava bem minhas curvas e mostrava minha beleza sem igual. Cada curva, desde a volta de minha cintura, salientando a barriga sarada e a pele branca brilhante à luz do sol que invadia o chalé, mostrava a beleza de uma filha de Afrodite. Comecei a colocar armadura. Hoje seria um treino puxado, mas a beleza importava. Penteei o cabelo e o coloquei em um formato fofo, onde tranças frontais se ligavam atrás da cabeça, servindo de bandana. Sorri respirando fundo e então, após pegar meus pertences, retirei-me do chalé, sem cerimônias.
 
Andei pelo exterior dos chalés, vendo semideuses percorrendo o local. Poucos me observavam, até que um chamou minha atenção. Neguei-me em responder, já que era um garoto ridículo e mal educado. Seus olhos azuis e cabelos negros denotavam um garoto machista e bonito, desejado por todas, o que em tese era, mas que no fundo não fazia jus à beleza. Por fora lindo e por dentro um lixo, bela definição para Marc, filho de Hades. Comecei a caminhar em direção oposta, de cabeça erguida e madeixas ao vento. Segurava firme meu chicote e o pressionava em fúria ao ouvir a voz dele debochando. O som de minha mãe na minha cabeça dizia para ignorar e seguir meu caminho, e assim o fiz, até que ele interrompeu meu trajeto parando na minha frente – Garota, você é surda ou se faz de difícil pra conquistar? Filhas de Afrodite, todas cheias de si. – debochou o garoto, girando a ponta da adaga contra a mão – Primeiro, tenho nome e segundo... Cuidado para não se machucar, sei que a vista é tentadora, mas não precisa se martirizar, quem sabe um dia você consegue? Sabe, “a vontade faz a força”? – debochei irônica, olhando para sua mão perfurada. Ele murmurou e me olhou, saindo do meu caminho. Virei-me para ele e então lhe lancei uma piscadela provocativa e então continuei. A frente um pessoal se aglomerava na entrada da arena de espadas. Cruzei a multidão com ombros firmes entre eles, ate que alcanço meu objetivo, avistando o local de aprendizado majestoso. Sorri torto e maliciosamente, enquanto passava pegando uma espada no percurso ate o centro da arena. À frente vi meu amigo treinando espadas com um boneco, o que era incomum – Bradley, se divertindo com um boneco? Ta apanhando muito? – brinquei com ele enquanto manejava a espada com força. Ela era pesada, mas dava conta. Ele debochou e me chamou para um treino básico, o que já era meu objetivo – Hm, direto você. – elogiei falsamente me preparando para a briga. Não era fácil, apesar dele ainda ser iniciante na coisa, como eu obviamente. Andei em direção à ele com olhar serio e fixo – Brad, você não tem dó de lutar com uma moça tão delicada como eu? – olhei meiga para ele enquanto andava graciosa com espada em punho. Ele me olhou e ficou me observando por um tempo. O que eu sabia era que, com um pouco de jeito eu os manipulava e meus adversários nunca me feriam de fato... Ao menos não que já tenha presenciado – Ouwn que lindo você é. – elogiei-o para então ter o tempo de avançar nele e lhe atacar com a espada. A espada foi difícil de erguer, mas com esforço o peso se chocou com a espada dele e então o desestabilizou, arranhando por sorte o braço dele – Hmm, bobinho. – debochei dele, mesmo que brincando, era praxe minha ser o mais manipuladora e má possível. Isso não significa que gosto de ser má, e sim gosto de impor respeito, algo que não se obtém sendo doce. Eu sempre consegui o que queria com este jeito, e ate com meus amigos lerdos era eficaz – Brad, Brad, pensei que já havia aprendido algo nesse tempo que me conhece... tsc tsc. – brinquei vendo-o me olhar com expressão maliciosamente calculista. Logo ele avançou em minha espada, a derrubando no chão com força, já que eu não tive eficiência em segura-la – Seu grosso! Sou só uma garota!! – fiz cara de do e então fingi ter me machucado, foi quando ele largou sua arma e veio para cima de mim com velocidade e preocupação – Me perdoe, não foi minha intenção, Nág você esta bem? – falou ele com voz que chegava a tocar o coração – Ownn... – murmurei devagar, sem completar a frase, então puxei meu chicote da roupa e lancei nele, segurando-o e o lançando longe de mim – Melhor do que eu imaginava baby. – sorri maléfica e então joguei meu chicote na espada dele e se prendeu na minha arma ao puxa-la com adestresa ate mim. Eu manuseava bem este chicote que foi decorado por mim com detalhes em dourado e rosa choque. Eu então peguei a espada dele e arrastei a minha com o pé, já que estava bem próxima a mim – Isso não é justo, você usa dos seus dons para me manipular... Como vai aprender a usar a espada? – questionou ele erguendo-se – E quem disse que eu preciso se tenho o Raabe e minha beleza incrível? – falei citando o nome de meu chicote.
 
Ele se levantou rápido e logo veio até mim segurando o braço com força – Brad, você esta bem? – perguntei preocupada com ele. Larguei as armas e guardei o chicote na roupa, indo ate ele depressa – Acho que exagerei com você. Desculpa é que Raabe e tão forte que esqueço algumas vezes. – falei vendo seu ombro rasgado. Logo imaginei se algo poderia dar certo e então assoviei alto o suficiente para que Rooxie, minha Fênix, adentrasse a arena em um voo majestoso, pousando no meu braço perfeitamente erguido e parado para servir à ele. Olhei minha querida e então acariciei suas penas vermelhas brilhantes. Logo mostrei o ferimento e sorri, tentando agrada-lo até que ela se curvasse. E então ela o fez. Puxei o braço de Bradley e o posicionei para que Rooxie fizesse seu trabalho – Fica quieto cara. – resmunguei para meu amigo resmungão. Ele retrucou e então eu observei Rooxie soltar duas lagrimas que caíram sobre o ferimento de Brad e então iniciaram cicatrização. Sorri satisfeita e então beijei a ponta de seu bico como faço de costume – Minha linda. Vai la. – e então empurrei meu braço direito, fazendo-a voar saindo dali. Brad ficou pasmo observando o ferimento sumir – OQUE?! Nág vende a Rooxie para mim?! Eu te pago quantos drácmas quiser!! – pestanejou ele mas então neguei – Ta pensando o que? Ta escrito pet shop na minha testa? Não, minha queridinha é so minha. – neguei largando-o e então ele caiu no chão.  Ri dele e então peguei minhas espada – Bradley, já brinquei demais com você hoje, to de saída. – Falei virando a cara e me fazendo de difícil segurando o riso ao ver sua expressão – Vai, me larga aqui, todo dolorido, triste, largado... – ele fez um drama sem igual, mas não caia no joguinho dele – Tchau Bradley. – sai de costas para ele erguendo o punho e o balançando em despedida – Tchau chata. – disse ele e então sai dali sem olhar para trás.

By Nágila Köller


0
100% diva | Filha de Afrodite | Amiguxa da Lori | Grécia is amazing
avatar

Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite


Ficha Olimpiana
Vitalidade (HP):
100/100  (100/100)
Energia (EP):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum