Parcerias
0 de 5
Créditos
» Skin obtida de Captain Knows Best criado por Neeve, graças às contribuições e tutoriais de Hardrock, Glintz e Asistencia Foroactivo.
» Com gráficos e modificações por Hades e Zeus.

Parcerias
0 de 9
Últimos assuntos
» Flood 4.0
Ontem à(s) 21:01 por Zoey Montgomery

» O que faria se acordasse ao lado da pessoa acima?
Ter 7 Nov 2017 - 18:45 por Ulrick Lively Waldorf

» Pedidos de Missões
Ter 7 Nov 2017 - 14:48 por Zeus

» Poste sua lindeza aqui
Sab 4 Nov 2017 - 23:45 por Zeus

» Que Animal lembra a pessoa acima?
Qua 1 Nov 2017 - 21:16 por Ulrick Lively Waldorf

» Prints do chat ou de qualquer lugar.
Sex 27 Out 2017 - 22:58 por Ivy La Faye

» Enfermaria Central
Dom 15 Out 2017 - 18:33 por Nyx

» Salada Mista
Seg 9 Out 2017 - 15:25 por Dorian Blenöger

» Pego - Namoro - Passo - Caso - Morre Diablo!
Dom 8 Out 2017 - 11:55 por Dorian Blenöger

» Bar e Salão de Festas
Qui 5 Out 2017 - 22:31 por Alicia Watts Schratter


♥ Área de treinamento. - Phoebe Fontaine Chevalier.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

♥ Área de treinamento. - Phoebe Fontaine Chevalier.

Mensagem por Allerie Böhr-Wolfenbüttel em Sex 5 Dez 2014 - 13:13



TREINOS

Bem-vindo(a) Convidado

Tópico destinado aos treinos da semideusa Phoebe Elizabeth Fontaine Chevalier, filha de Afrodite.

Atenciosamente,
Phoebe F. Chevalier










***Flawless.

avatar
Mênades
$D :
56740

Idade :
21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♥ Área de treinamento. - Phoebe Fontaine Chevalier.

Mensagem por Allerie Böhr-Wolfenbüttel em Dom 7 Dez 2014 - 22:27

I'll make my own steps.

 
 
 
O pequeno objeto alarmante sobre o criado-mudo começava a emitir seu único som, um som irritante e perturbador que acordaria quem quer que estivesse dormindo por ali. Os feixes de luz penetravam as janelas em formato de corações, incomodando aquela que sonhava com seu verdadeiro amor. A cama era extremamente confortável, tudo ali era como o que Phoebe sempre teve, o luxo era o mesmo e graças aos deuses ela não precisava dividir seu guarda roupa com suas irmãs.
A palma de sua mão direita batia com força no despertador barulhento, dessa forma, após levar tantas palmadas, o objeto não teve outro destino a não ser o chão, local onde finamente tivera sua morte, trazendo o silêncio novamente ao ambiente em questão.
Phoebe bocejava como uma preguiçosa, algo que definitivamente não era. Seu corpo se moveu lentamente, sentando sobre o colchão e lençóis bagunçados. Coçava os olhos e os esfregava enquanto tomava coragem para levantar dali e realizar o que planejava desde sua chegada ao acampamento: O seu primeiro treinamento.
Não demorou muito para que a semideusa se pusesse de pé. Foi até seu closet particular e pegou algumas coisas de que precisaria para se arrumar antes do treino. Logo, dirigiu-se até o banheiro que divida com suas irmãs e começou a sua produção.

♥♥♥


O tom vermelho de seus lábios combinava perfeitamente com a cor de suas Vans. A camisa estilo polo que trajava definia perfeitamente suas curvas e possuía um tom avermelhado semelhante ao das Vans. Vestia também uma calça branca ligada ao seu corpo, como detalhe, um cinto com o brasão da família Smith para nunca se esquecer de sua origem.
Phoebe voltou ao seu closet e então vasculhou todos os compartimentos, por fim, encontrou o que procurava: Sua adaga de bronze, o chicote e seu colar de ouro, que, por sua vez, possuía um local especial para ser guardado. A menina pegou suas armas e colocou o colar em seu pescoço. Prendeu a adaga em seu cinto e segurou o chicote enrolado em sua mão esquerda. Olhou-se uma última vez no espelho e sorriu ao ver seu reflexo, ele era tão lindo e tão perfeito que se ficasse ali por mais tempo acabaria se apaixonando por ela mesma. Típico de uma filha de Afrodite.

♥♥♥


Pegadas tamanho trinta e sete eram deixadas para trás a cada passo em direção à arena. A brisa era acolhedora e extremamente relaxante, tão leve. Fazia os fios loiros serem bagunçados, se perderem do penteado e grudarem no rosto da filha de Afrodite.
Havia semideuses por todos os lados. Armados, desarmados, com uniforme e sem uniforme. Aquilo realmente parecia o ensino médio, porém de uma forma mais legal e perigosa. Phoebe adorava o perigo e desde que aprendera a ser forte nunca mais correra dele.
Seus olhos azuis já podiam avistar os grandes portões da arena do Acampamento Meio-Sangue. Seus ouvidos escutavam os barulhos de espadas se chocando, e sua mente imaginava o quão perfeito seria lutar contra alguma criatura estranha e mitológica.
A herdeira de Afrodite apressou seus passos, passando a correr em direção ao seu destino. As bolinhas azuis em seu rosto brilhavam e a adrenalina parecia possui-la. Era estranho para ela ter tanta sede assim de perigo, de sangue, porém, era o que acontecia no momento.
Enfim, ela chegara à Arena. Estacionada, maravilhada e ansiosa para experimentar novos prazeres, Phoebe adentrava o pavilhão cercado por arquibancadas. Sentia um arrepio percorrer todo o seu corpo junto à ânsia de novas aventuras. O subconsciente parecia estar focado em desafios futuros, e, por um momento, com toda aquela sua imaginação, esqueceu-se de seu verdadeiro foco: a Arena.
De repente, seu corpo fora empurrado contra o solo úmido do recinto com certa brutalidade. Por cima da semideusa estava uma criatura estressada, peluda e demoníaca. Seus dentes parecia estarem em crescimento, porém, eram afiados o bastante para matar alguém. Phoebe lutava contra o mini cão infernal, desviando seu rosto angelical das presas daquela criatura e tentando empurrá-la para longe de seu corpo.
A menina movia sua cabeça de um lado para o outro, freneticamente em um ritmo rápido, pedindo a Afrodite que o cão ficasse tonto com os movimentos. O aroma natural e extremamente agradável emanava do corpo da semideusa, um perfume pertencente só a ela.  Em questão de poucos segundos a criatura parecia estar desorientada, tonta e bêbada. Phoebe não sabia explicar tal acontecimento, porém, deduzia o motivo do ocorrido. “O perfume.” Pensou.
A loira se levantou a todo vapor, não se importando em deixar sua calça branca com manchas de terra úmida, ela apenas queria e precisava correr. De pé, Phoebe desenrolou seu chicote, exibindo o couro e os pequenos fios de ouro que o formavam. Segurou firme na parte do cabo da arma e jogou seu braço direito por cima do ombro, erguendo os um metro e oitenta centímetros no ar e logo movendo o braço de volta para frente, no intuito de chicotear o chão e causar medo ao bebê de cão infernal.
Um estrondo fora emitido pela área, alto o bastante para que o cão pulasse e se afastasse mais ainda da semideusa armada. Ela riu baixinho, se deliciando com a atitude submissa de seu adversário.
Esses segundos de diversão foram o bastante para o quadrúpede avançar novamente na direção da semideusa, atacando-a com suas unhas, deixando arranhões na camisa e abdômen da jovem.  Ela gritou, sentindo os cortes se abrindo em sua pele e vendo as manchas de sangue surgirem em sua blusa. Uma lágrima de desespero e medo escorreu de seu olho direito, porém, ela ignorou a dor, ergueu a cabeça e decidiu que deveria honrar o nome de sua mãe.
O cão corria novamente para cima de Phoebe, e, antes que ele pudesse golpeá-la tratou de retirar a adaga do cinto, escondendo-a atrás das costas. Permitiu que seu corpo fosse derrubado pelo seu adversário somente para exercer seu plano. Tirou o braço direito de trás de suas costas e segurou firmemente no punhal da adaga, pensando em golpear seu adversário por trás. Ele aproveitava o espaço para arranhar a garota impiedosamente, e, quando Phoe percebeu que era a hora certa, começou a desferir seu golpe. Sem pensar duas vezes, a menina posicionou a lâmina da adaga na direção da coluna do oponente, sem que ele percebesse, Phoebe cravou a lâmina de bronze celestial na medula espinal alheia, sentindo o sangue jorrar em sua mão.
O filhote choramingava e recuava de cabeça baixa para longe da jovem francesa. Phoebe levantou-se e percebeu que sua blusa agora não passava de farrapos, sua calça era basicamente marrom e seu rostinho de anjo era marcado por unhadas agressivas. Seu ódio parecia aumentar cada vez mais só de pensar que aquela criatura havia tirado um pouco da beleza que herdara de sua mãe, e, naquele momento, Phoebe só almejava uma coisa: A morte de seu oponente.
Ela o rodeava, andava em volta dele como se o cercasse. Ele estava fraco demais e sangrava demais para tentar algo, porém, isso não queria dizer nada, afinal, ninguém sabe quando o demônio vai agir. Justamente o que não era esperado aconteceu, o cão fraco avançou na direção dos pés da moça e mordeu suas lindas Vans.
- MEUS SAPATOS SEU CACHORRO IDIOTA! – Ela gritou, totalmente alterada.
Aquela fora a gota d’água, o ápice para despertar a fúria da filha de Afrodite, que, por sua vez, imediatamente girou seu chicote pelo ar, movendo o braço para frente e para trás, emitindo barulhos devido aos impactos.
O cão se afastou, proporcionando a brecha perfeita para que Phoebe realizasse o golpe final. Ela novamente ergueu o braço e dessa vez segurou firme no cabo do chicote, girando sua mão e consequentemente girando a extensão da arma pelo ar. Após alguns giros, a menina fez um movimento de como se estivesse jogando o chicote no oponente, ou melhor, o chicoteando. A arma enroscou-se na garganta do cão. “Isso!” Phoebe vibrou.
Então, o cão começou a latir e a rosnar, tentando soltar seu pescoço da arma de couro. A jovem começava a correr em volta do seu adversário, enrolando cada vez mais a extensão do chicote em sua garganta. A falta de ar já era visível nos olhos avermelhados da criatura demoníaca, que aos poucos cessava seus rosnados e impulsos nervosos. Após várias voltas, Phoebe já sentia que estava na hora de acabar com aquilo, e, então, se despediu.
- Adeuszinho! Foi um prazer lutar com você. Ou não. – Riu baixinho, acenando para o cão e por fim puxou o cabo com toda a sua força, enforcando seu adversário e dando um fim àquela palhaçada.
Phoebe sentia-se exausta, todo o seu corpo doía. O sangue semi-divino manchava os restos mortais de suas roupas e seu rosto. Seu estado era deplorável. “Preciso urgentemente de um banho.” Pensou, suspirando e apanhando suas armas, pedindo aos deuses que ninguém a mandasse limpar a bagunça e apanhar o cadáver. Apenas saiu dali discretamente, tentando andar o mais rápido possível.

Poderes e Habilidades:
✿⊰ Aparência Divina ( Nível 1 )
Filhos de Afrodite tem uma beleza sobrenatural, diferente de todas as outras belezas. Isso confunde o adversário que muitas vezes retarda seus ataques, e é incapaz de ferir uma prole de Afrodite.

✿⊰ Perícia com Chicote ( Nível 1 )
O filho de Afrodite sabe usar perfeitamente um chicote, fazendo manobras incomuns com o mesmo. Transforma-se em uma arma letal, tendo sucesso em todas as manobras efetuadas.

✿⊰ Perfume Natural ( Nível 1 )
Os filhos de Afrodite tem um cheiro natural muito agradável. Desorientando qualquer um que o sinta.

Armas:
• Adaga de Bronze Celestial
Colar de ouro - Um colar fino de ouro reforçado capaz de cristalizar qualquer tecido desde que seja uma jaqueta, camiseta ou suéter – Armaduras já saíram de moda.

Chicote Serafim  – Um metro e oitenta de tira de couro entrelaçado com finos fios de ouro, o cabo tem aparência de asas abertas, asas de anjo. O chicote pode receber um nome, mas apenas nome de anjos. Dependendo do nome do chicote esse será o poder que a arma terá.
Raabe, anjo da morte – O chicote será tão preciso em seus ataques que só terá um lugar para onde os seus adversários poderiam ir – Direto para o tártaro.
tag: First Training | words: xxx | notes: Shake it off!
robb stark





***Flawless.

avatar
Mênades
$D :
56740

Idade :
21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♥ Área de treinamento. - Phoebe Fontaine Chevalier.

Mensagem por Convidado em Dom 7 Dez 2014 - 23:45


Avaliação
Pela primeira vez, considerei um treino perfeito por completo. A criatividade envolvente e a coerência impecável deixaram-me com vontade de ler mais de suas narrativas. Não notei nenhum erro aparente em relação à gramática e afins e, caso tenha aparecido alguma, a mesma foi totalmente ofuscada pela bela narração de seu treino.
Parabéns. q

Recompensa: 1 Level.
Perda:- 20 HP/EP

Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♥ Área de treinamento. - Phoebe Fontaine Chevalier.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum