Parcerias
0 de 5
Créditos
» Skin obtida de Captain Knows Best criado por Neeve, graças às contribuições e tutoriais de Hardrock, Glintz e Asistencia Foroactivo.
» Com gráficos e modificações por Hades e Zeus.

Parcerias
0 de 9
Últimos assuntos
» Flood 4.0
Ontem à(s) 18:50 por Ephrain L. Black

» O que faria se acordasse ao lado da pessoa acima?
Ter 7 Nov 2017 - 18:45 por Ulrick Lively Waldorf

» Pedidos de Missões
Ter 7 Nov 2017 - 14:48 por Zeus

» Poste sua lindeza aqui
Sab 4 Nov 2017 - 23:45 por Zeus

» Que Animal lembra a pessoa acima?
Qua 1 Nov 2017 - 21:16 por Ulrick Lively Waldorf

» Prints do chat ou de qualquer lugar.
Sex 27 Out 2017 - 22:58 por Ivy La Faye

» Enfermaria Central
Dom 15 Out 2017 - 18:33 por Nyx

» Salada Mista
Seg 9 Out 2017 - 15:25 por Dorian Blenöger

» Pego - Namoro - Passo - Caso - Morre Diablo!
Dom 8 Out 2017 - 11:55 por Dorian Blenöger

» Bar e Salão de Festas
Qui 5 Out 2017 - 22:31 por Alicia Watts Schratter


Treinos - Philip K. Hughes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Treinos - Philip K. Hughes

Mensagem por Convidado em Dom 20 Jul 2014 - 2:05


Treino 001
O chalé estava vazio a essa hora: seus meios-irmãos haviam saído para realizar as inúmeras atividades que o Acampamento Meio-Sangue oferecia – até a própria Cory, sua gêmea de pai diferente que acabara de chegar, estava fora – ou então para comer, pois já era cerca de meio dia e o almoço fora servido.
Porém, Philip não. A prole de Selene passara a noite tendo pesadelos, não dormiu bem, então só fora acordar àquela hora da tarde. Ele estava deitado em sua cama, com preguiça de viver. Bocejou e sua voz ecoou pelo vazio chalé, logo em seguida o garoto fora tomar uma ducha fria e se vestir apresentavelmente: uma camiseta do escritor M. De Lescure, uma calça jeans e sandálias de dedo.
Soubera que naquele horário estaria tendo uma aula de arco e flecha na Arena e decidiu ir. O garoto pegou seu arco – mesmo sabendo que haveria um disponível – dentro do armário e partiu para o local. Chegando lá, logo fitou os grandes portões rústicos de ferro, enormes e com ar autoritário e, admirado, passou por eles. Dirigiu-se ao lado esquerdo, onde claramente podia ver uma nuvem de flechas sendo lançada até diferentes alvos. Um sátiro estava a dar aula, mandando campistas trocar de alvo e rapidamente atirar flechas.
Aproximou-se e falou com o sátiro, buscando saber se podia entrar na aula – já que estava extremamente atrasado. A resposta foi sim e a criatura mandou-o ir até o último alvo, o único que não estava vazio. No caminho, pegou uma aljava de flechas de cobre e pendurou em suas costas – deixando uma pronta em sua mão.
Philip pôs uma flecha no arco e o levantou, alinhando à altura da cabeça. Esticou a corda até a orelha, deixando um espaço entre o dedo do meio e o dedo indicador para a flecha, e esperou a ordem do sátiro.
– Atirem! – berrou a criatura com uma voz autoritária, como um chefe de guerra.
A prole de Selene obedeceu ao comando e mirou na parte vermelha do alvo – o centro –, soltando a flecha levemente acentuada para cima, prevendo a pequena curva que ela faria. Phil acertou na área azul – a pior –, mas, pelo menos, acertara dentro do alvo.
– Repitam! – falou o sátiro.
Agilizou o processo, visando não passar vergonha – já que seus companheiros faziam aquilo tão rapida e naturalmente –, dessa vez pôs o arco mais para baixo, porém não tivera noção de o quanto, pois o fez velozmente. Pelo visto, fora muito. A flecha vou para até a zona azul novamente, desta vez na parte de baixo dela.
– Revezem! – a criatura não se cansava de gritar.
Philip observou os outros campistas por um tempo, para entender como o sistema de revezamento funcionava. Depois de um tempo, percebera que um grupo se movimentava para a direita e o outro para esquerda – como se fosse uma troca de duplas em um baile. Ele foi para a esquerda, preparou a flecha e esperou a ordem do sátiro.
– Atirem!
Vagarosamente, com o arco um pouco – muito pouco – inclinado para cima, a prole da Lua soltara a flecha, que junto a muitas outras, viajaram de encontro à parte vermelha – que foi perfurada fortemente pela flecha, que parou em uma impressionante velocidade.
– Repitam!
Aproveitando o embalo, Phil repetiu a sequência de atos e acabou acertando muito próximo ao círculo vermelho – pegou no amarelo. Quando o garoto estava muito empolgado e animado, o sátiro falou:
– Por hoje é só.
Então, o garoto fora obrigado a guardar seu arco de prata e voltar ao chalé.
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treinos - Philip K. Hughes

Mensagem por Convidado em Seg 25 Ago 2014 - 18:20


Avaliação


Bom treino! Você narra bem e tem boa escrita apenas falta de criatividade, tente trabalhar um pouco nisso e terá grandes progressos. Também acho que poderia ter feito mais, mesmo sendo nível 1.

- 60Xp
-(-7 Ep)

Att por Selene


Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum